Você se lembra de um anúncio feito pela NASA sobre um projeto para o desenvolvimento de módulos infláveis que deverão servir de extensão para a Estação Espacial Internacional? Pois a agência espacial confirmou que realizará testes com os novos “puxadinhos” e divulgou o vídeo acima, que mostra como a acoplagem será levada a cabo.

O módulo — chamado BEAM (Bigelow Expandable Activity Module) — será desenvolvido pela empresa privada Bigelow Aerospace e servirá para que a NASA possa testar o desempenho de novas tecnologias de habitats expansíveis no espaço. A previsão é de que o módulo seja levado à ISS pela SpaceX em 2015 para um período de testes que deve durar dois anos.

Desempenho espacial

De acordo com a NASA, o BEAM será transportado pela SpaceX Dragon, e será acoplado ao Módulo Tranquility da ISS através de um braço robótico controlado pelos astronautas da estação. Depois dessa etapa, a tripulação ativará o sistema de pressurização para inflar a extensão, usando para isso o ar armazenado no próprio BEAM.

O desempenho do “puxadinho” inflável será acompanhado de perto, tanto pelos astronautas da estação como pelos engenheiros da NASA aqui na Terra, que estarão de olho em como o módulo se comporta quando exposto ao ambiente espacial com relação aos equipamentos tradicionais feitos de alumínio. Os engenheiros da NASA também devem avaliar aspectos como os índices de vazamento e a integridade estrutural do BEAM com o passar do tempo.