1. Tower Bridge, em Suzhou, na China

Na cidade chinesa de Suzhou — localidade a cerca de 120 km de Xangai — foi construída uma réplica quase idêntica da Tower Bridge de Londres, originalmente inaugurada 1894 sobre o rio Tâmisa. A atração chinesa conta com quatro  torres — duas a mais que a  sua inspiração ocidental — e não tem o mesmo mecanismo de ponte levadiça.

(Reprodução/MSN)

2. Taj Mahal Bangladesh

Em Sonargaon, a cerca de 15 km da capital de Bangladesh, Dhaka, fica esta imitação do principal ponto turístico da Índia, o Taj Mahal, erguido em Agra no século 17. A versão fake, bem mais modesta que a original, levou 5 anos para ficar pronta — 16 a menos do que a indiana — e custou aproximadamente US$ 56 milhões.

(Reprodução/Vires Attached)

3. Cristo Redentor, em Nápoles, na Itália

Uma ação de marketing que buscava promover a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, encravou na região central de uma das cidades mais visitadas da Itália uma réplica do cartão-postal da cidade do Rio de Janeiro. A construção é 6 vezes menor do que o monumento carioca. 

(Reprodução/Vires Attached)

4. Grande Esfinge de Gizé, em Shijiazhuang, na China

Uma das atrações mais procuradas de um parque temático no norte da China, esta réplica da Grande Esfinge de Gizé é considerada uma das cópias mais bem-feitas do monumento egípcio — nem mesmo o nariz danificado foi esquecido. A escultura de 60 metros de comprimento e 20 de altura, além de um badalado ponto turístico, é utilizada frequentemente como set de filmagens de produções cinematográficas e televisivas da nação asiática. 

(Reprodução/MSN)

5. Parthenon, em Nashville, nos Estados Unidos

Engana-se quem pensa que o Parthenon — a construção mais famosa da Grécia Antiga — é uma exclusividade da Acrópole, em Atenas. Bem longe dali, na capital do estado americano do Tennessee, Nashville, há uma réplica em tamanho real do monumento grego, que, desde 1897, funciona como um museu. 

(Reprodução/MSN)

6. Monte Rushmore, em Chongqing, na China

Depois de derrotar o Japão na Segunda Guerra Mundial, a China resolveu homenagear os Estados Unidos com uma imitação do Monte Rushmore — monumento esculpido em uma rocha onde estão as faces de quatro presidentes norte-americanos. A réplica fica na cidade de Chongqing e foi inaugurada em 1945.

(Reprodução/Vires Attached)

7. Stonehenge de Shenandoah Valley, nos Estados Unidos

Uma réplica em tamanho real de Stonehenge o monumento arqueológico mais conhecido da Europa feita inteiramente de isopor é uma das principais atrações desta cidade do estado americano de Virgínia. Idealizada pelo artista Mark Cline, ela levou 6 semanas para ficar pronta, e, mesmo após 12 anos da sua inauguração, ela continua forte e firme, atraindo curiosos de todos os cantos do país. 

(Reprodução/Vires Attached)

8. Beijing World Park, em Pequim, na China

Neste parque temático da capital chinesa você pode desbravar o mundo inteiro em um só dia, sem gastar uma fortuna com pacotes de viagem: entre as inúmeras atrações do lugar estão versões em miniatura das Pirâmides de Gizé, Sidney Opera House, Catedral de Santa Sofia, Acrópole, Coliseu Romano, Torre de Pisa, Arco do Triunfo, Torre Eiffel, Big Ben, entre outros.

(Reprodução/MSN)

9. Torre Eiffel, em Umuarama, no Paraná

A paixão por Paris fez com que o empresário Edson Ferracin financiasse a construção de uma réplica do principal cartão-postal francês na cidade onde mora, no noroeste do Paraná. A Torre Eiffel de Umuarama equivale a 10% da original, tem a altura de um edifício de 11 andares e custou R$ 180 mil. 

(Reprodução/G1)