Um submarino em miniatura, do tamanho de um bastão de baseball, é o responsável por mostrar as primeiras imagens do solo que se esconde logo abaixo das geleiras da Antártida. O projeto está sob a responsabilidade da NASA, mas o dispositivo foi inventado por alunos da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos.

O vídeo acima mostra o processo de preparação para o lançamento bem como as imagens capturadas pelo dispositivo. Para chegar até o local, foi preciso perfurar uma camada com cerca de 800 metros de gelo. O projeto tem como objetivo procurar sinais de vida na superfície do solo da Antártida.

O lançamento foi realizado no chamado Lago Willhans e os pesquisadores demoraram pelo menos três dias para fazer a perfuração. A temperatura no local é de cerca de -35 graus celsius e a luz do sol é uma raridade por  lá. Essa é a primeira vez que o mini submarino é utilizado.