Vivemos em um lugar de dimensões admiráveis, que ocupa a quinta posição do ranking dos maiores países do mundo. Mas os destinos que você verá na lista abaixo são muito diferentes do Brasil, já que eles poderiam caber inúmeras vezes do Oiapoque ao Chuí.

Porém, se engana quem pensa que, por serem países de áreas tão reduzidas, esses destinos não têm nada de interessante para oferecer. Muito pelo contrário: são lugares que se destacam justamente por terem uma cultura rica, paisagens exuberantes e pelo charme de ser uma nação pequena.

Abaixo você conhece um pouco mais sobre alguns dos menores países do mundo:

Liechtenstein

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

  • Área total: 160 km2

O Principado de Liechtenstein, como é oficialmente conhecido, é uma nação de língua germânica que está localizada entre a Áustria e a Suíça. Mundialmente famoso por suas paisagens incríveis, o país conta com montanhas, resorts de ski e vilarejos alpinos que atraem muitos turistas durante o ano. Por causa de sua forte relação com a Suíça, a moeda utilizada no país é o franco suíço.

Estabelecido no século 18, Liechtenstein foi a última parte a pertencer ao Império Romano. Atualmente, o país conta com uma população de pouco mais de 30 mil pessoas. A nação é governada por uma monarquia parlamentarista que é eleita através de votação.

San Marino

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

  • Área total: 61 km2

A República de San Marino, localizada dentro do território italiano, é um país independente desde 1599. A nação é formada por uma população de mais de 30 mil pessoas que se dividem entre paisagens montanhosas e castelos medievais e renascentistas ainda preservados.

A combinação de tantos anos de história com a riqueza das lendas locais é o que faz com que San Marino seja um dos destinos mais memoráveis para se visitar no sul da Europa. Não é à toa que o país recebe mais de dois milhões de turistas por ano.

Mônaco

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

  • Área total: 2,02 km2

O Principado de Mônaco, localizado no sul da França, a poucos quilômetros da fronteira com a Itália, é o segundo menor território independente do planeta em termos de área. Com uma população de mais de 30 mil habitantes, cada cidadão de Mônaco conta com menos de um quilômetro quadrado de área. Diferentemente dos outros destinos dessa lista, Mônaco tem um cenário urbano marcado pela modernidade da infraestrutura que oferece.

Monte Carlo, o principal distrito do país, é conhecido pela cultura dos carros de esporte (e das corridas de Formula 1) e por seus diversos cassinos e hotéis exclusivos. Nas charmosas ruas estreitas da parte mais antiga do distrito, feiras ao ar livre atraem os visitantes. O país ainda conta com museus, aquários e galerias que são parada obrigatória para quem passa por lá.

Vaticano

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

  • Área total: 0,44 km2

Circundada por Roma, o Estado da Cidade do Vaticano é o menor território independente do mundo, chegando a ser menor do que muitos bairros em grandes metrópoles. No entanto, mesmo em um espaço tão reduzido, o Vaticano é um dos destinos com mais atrações entres os países desta lista.

Museus, galerias de arte, jardins e alguns dos templos religiosos mais famosos do mundo estão aqui. A renomada Basílica de São Pedro e muitos outros prédios históricos podem ser vistos diretamente na praça central, onde costumam se reunir os visitantes durante as festividades e aparições do Papa.

Um dos pontos altos para os visitantes é o Museu do Vaticano, onde está localizada a Capela Sistina e muitos outros trabalhos de importantes artistas do Renascimento, além de uma extensa coleção de artefatos do começo da Era Cristã. Outra grande vantagem é que todas as atrações do Vaticano podem ser visitadas em um único dia e, com sorte, ainda sobra um tempinho para passear em Roma.

*Publicado originalmente em 29/11/2013.