As razões das construções de bases militares podem não durar por décadas, porém as estruturas permanecem em pé com o passar dos anos – mesmo que tenham perdido suas finalidades temporárias. Quando essas grandes locações ficam completamente abandonadas e sem o passar pelo devido cuidado, o cenário pode ser um tanto desolador. A ferrugem, as pichações e as ruínas tomam o lugar do que um dia foi um ativo centro de operações militar. Veja abaixo alguns exemplos de bases militares que hoje estão completamente abandonadas:

1 – Fort Ord, Estados Unidos

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

Uma das maiores bases militares dos Estados Unidos, o Fort Ord teve suas instalações fechadas em 1992. Entre as estruturas, está uma piscina olímpica e diversos edifícios que possuem vista para o mar, além de inúmeras barracas que estão jogadas ao relento. A comissão BRAC decidiu transferir os militares para a base de Fort Lewis, deixando Fort Ord sem ninguém.

2 – Duga-3, Ucrânia

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

Esse gigantesco paredão de antenas era parte de um radar extremamente potente da URSS, nos tempos da União Soviética. Graças aos sons originados pelas antenas alinhadas, o Duga-3 foi batizado de "Pica-pau Russo". Como ele está localizado perto da Usina de Chernobyl, ele foi abandonado e é considerado radioativo.

3 – Base Submarina de Saint Nazaire, França

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

Essa instalação militar foi criada pelos alemães na cidade de Saint Nazaire durante o período da Segunda Guerra Mundial. Como o local foi bombardeado durante os confrontos militares, ele foi posteriormente abandonado por não poder mais abrigar pessoas e não servir mais o seu propósito.

4 – Atol Johnston, Estados Unidos

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

O Atol Johnston está localizado no meio do Oceano Pacífico, próximo do Havaí, e foi utilizado para realização de testes nucleares – assim como depósito de armas químicas. Durante a Segunda Guerra Mundial, o atol serviu como base aérea dos Estados Unidos, porém em 1958 passou pelos testes nucleares que marcaram a região.

5 – Torres Antiaéreas, Áustria e Alemanha

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

Conhecidas em alemão como Flaktürme, essas torres foram construídas pelos alemães em diferentes cidades da Alemanha e Áustria com posições estratégias. O principal objetivo delas era bloquear os sinais de radar das aeronaves dos Aliados e banir seus meios de comunicação.

6 – Base Aérea Subterrânea Zeljava, Croácia

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

A construção desse local começou em 1948 e só terminou 20 anos depois, tornando-se um dos investimentos militares mais caros da Europa na época. Quando os confrontos na Iugoslávia começaram, a base possuía diversas bombas e armamentos armazenados que foram utilizados durante a guerra.

7 – Maunsell Forts, Mar do Norte

Fonte da imagem: Reprodução/Jalopnik

Essas bases militares parecem ter saído de um filme de ficção-científica antigo e foram construídas para defender o Reino Unidos dos submarinos alemães. Hoje são heranças da Segunda Guerra Mundial no oceano, sem qualquer finalidade atual.