O McDonald’s provavelmente é a rede de fast food mais conhecida do planeta. Fundada em 1940 pelos irmãos Richard e Maurice McDonald nos Estados Unidos, a marca se espalhou pelo mundo e hoje em dia está presente em 119 países com mais de 35 mil lojas. Com uma quantidade monstruosa de restaurantes como essa, não é surpresa que alguns deles se destaquem nessa multidão, seja por sua beleza, por importância histórica ou por ter uma aparência, digamos, exótica.

Confira com a gente uma lista com 10 lojas memoráveis e diferentes do McDonald’s:

1 – Onde tudo começou

A primeiríssima loja do McDonald’s – localizada em San Bernardino, Califórnia – hoje em dia, não é mais um restaurante, infelizmente. Porém, muito de sua aparência original está intacta, pois o lugar tornou-se um museu não oficial da marca.

Aconteceu quando o empresário Albert Okura decidiu comprar o prédio da primeira loja para instalar o escritório da também rede de fast food Juan Pollo Chicken, da qual é fundador e CEO. Sendo também um grande fã do McDonald’s, ele achou injusto que o local do primeiro restaurante da marca não fosse um ponto de referência para outros aficionados como ele.

Como o espaço que ele precisava para o escritório da Juan Pollo Chicken era pequeno, toda a parte que ele não utilizou foi transformada em um “templo” do McDonald’s. No local, é possível encontrar relíquias que foram enviadas para lá de todos os cantos dos EUA: brinquedos de época dos restaurantes, roupas antigas das mascotes da marca, bonecos do Ronald McDonald, hambúrgueres gigantes de fibra de vidro e, claro, um cardápio original de 1940 e a placa que estava na frente do estabelecimento quando este foi adquirido por Albert Okura em 1998, anunciando hambúrgueres a 15 centavos (os preços originais na época da fundação).

2 – O McAvião

Uma loja do McDonald’s dentro de um avião? Não, não é um serviço de bordo que agracia seus clientes com Big Macs. Esse DC-3 aposentado já fez parte da South Pacific Airlines nos anos 1960 e, depois de velhinho, serviu como avião agrícola borrifando produtos químicos em plantações. Hoje, ele mantém em seu interior um restaurante completo da franquia, com lugares para sentar e tudo mais. Ele fica na cidade de Taupo, na Nova Zelândia, e é considerado um dos principais pontos turísticos locais.

3 – O McBanco

É possível encontrar um McDonald’s dentro de uma antiga agência bancária na cidade de Kristiansand, na Noruega. Mas não qualquer agência: o restaurante foi instalado entre as colunas de mármore de uma construção pomposa, com cara de templo greco-romano. Lá dentro os caixas, gerentes, formulários, cheques e promissórias deram lugar para hambúrgueres, batatas fritas, refrigerantes e milk shakes que, infelizmente, não podem ser mais acessados pela frondosa porta frontal, mas sim por uma nova entrada lateral.

4 – Rock N Roll McDonalds

Um dos McDonald’s mais chamativos do mundo fica em Chicago, nos Estados Unidos. O enorme edifício, que comporta 300 clientes, é construído entre dois grandes arcos amarelos e tem a alcunha de Rock N Roll McDonalds. Além de todas as funções normais que um restaurante dessa rede possui, ele abriga um pequeno museu em homenagem ao estilo musical rock’n’roll, com atenção especial para o cantor Elvis Presley e os Beatles.

5 – Classe italiana em um McDonald’s

Em plena Piazza di Spagna, um dos locais mais famosos de Roma, encontra-se talvez o mais elegante restaurante do McDonald’s. Decorada com mármore, fontes e mosaicos, essa loja é uma das maiores do mundo, com lugares para 800 pessoas, e não apresenta em nenhum local de sua fachada os famosos arcos dourados, símbolo da marca.

A abertura desse McDonald’s, ainda mais em um lugar tão clássico da Cidade Eterna, gerou uma enorme polêmica na Itália. Chefes de cozinha tradicionais italianos declararam a morte da culinária com a instalação da rede de fast food. Era de se imaginar a péssima recepção desse tipo de alimento em um lugar tão famoso pela comida.

6 – Um McDonald’s de outro mundo

Assim como temos no Brasil o município dos ETs, Varginha, em Minas Gerais, os habitantes de outras galáxias também se sentem em casa na cidade de Roswell, Novo México, nos Estados Unidos, popular por ter sido palco do primeiro relato mundialmente famoso envolvendo o avistamento de OVNIs e criaturas do espaço. Foi lá onde supostamente caiu o disco voador que teria sido levado para a famigerada Área 51.

Mas o que isso tem a ver com o McDonald’s? Pergunte no restaurante mais maluco da franquia, pronto para dar as boas-vindas e para servir lanches quentinhos para alienígenas de todos os quadrantes do universo. Feito no formato de um disco voador, o local é todo decorado seguindo esse tema, com direito a Ronald McDonald vestido de astronauta e muito mais. Durante a noite, as luzes da loja fazem quem está longe pensar que de fato trata-se de um grande OVNI repousando sobre o solo. O que será que os ETs acham do nosso fast food?

7 – A chiquérrima estação de trem

Essa loja do McDonald’s na Hungria é bastante especial. Ela foi construída em uma estação de trem em Budapeste, o que a faz parecer um pomposo restaurante cinco estrelas. O teto abobadado de mármore dá todo um clima de século 19, exatamente quando o edifício foi construído.

A estação ainda é uma das mais importantes de Budapeste e no passado chegou a receber celebridades políticas europeias, como a famosa Imperatriz Elizabeth da Áustria, carinhosamente conhecida como Sissi.

8 – Vai para Cuba!

Sim, pode ir, tem McDonald’s lá também. Só que não é qualquer loja. O único restaurante dessa rede em Cuba fica dentro da polêmica base militar de Guantánamo e atende apenas os oficiais aquartelados lá. Ou seja, a população cubana ainda não pode se entregar aos gordurosos lanches do McDonald’s, mas isso pode durar pouco tempo com a queda do bloqueio americano.

Além do restaurante dos arcos dourados, a base de Guantánamo abriga outras lojas de redes de fast food americanas, como o KFC, o Starbucks e o Subway.

9 – A McMansão

Já imaginou saborear as iguarias do McDonald’s dentro de uma mansão? Pois isso é perfeitamente possível em Long Island, nos Estados Unidos, onde um restaurante da rede de fast food está instalado dentro de uma casa da década de 1860, a Denton House.

Quando o terreno onde a mansão está instalada foi comprado pelo McDonald’s em 1985, os moradores da região entraram com uma ação para tombar a construção, impedindo que ela fosse demolida. Um dos cidadãos locais, Larry Anderer, que ficou conhecido posteriormente como Larry McDonald, comprou o direito de abertura de uma franquia da rede e instalou o restaurante dentro da mansão. Em pouco tempo o lugar ficou conhecido como “McMansion” e fez o maior sucesso.

10 – O McLanche Feliz gigante

Dizem nos Estados Unidos que tudo é maior no Texas. Aqui no Brasil, essa máxima serve para a cidade de Itu, no interior paulista. Infelizmente, os McDonald’s que existem lá têm o tamanho normal, mas uma loja em Dallas, no Texas, não nos decepciona. Ela foi construída no formato de uma caixa do McLanche Feliz, mas em um tamanho suficiente para abrigar cozinha, balcão e todos os assentos e mesas para os clientes se acomodarem.

E as excentricidades não param por aí: o restaurante apresenta candelabros de cristal austríaco, cabines de mogno e o papel de parede assinado por Ralph Lauren. Exótico, não? Coisa de texanos...

.....

E você, conhece alguma loja do McDonald’s que é especial? Diferente? Exótica? Conte para a gente aí nos comentários.