Não pense você que o universo das unidades de medida é composto apenas por centímetros, jardas, pés, libras, gramas, polegadas, quilos, minutos, cavalos, Kelvin e por aí vai. Conforme já comentamos anteriormente aqui no Mega Curioso — nas matérias que você pode acessar através deste link e deste também —, existem outras tantas unidades de medida pra lá de malucas em uso pelo mundo.

Pois Katharine Trendacosta do portal io9 reuniu mais algumas dessas unidades de medida inusitadas em um interessante artigo, e você pode conhecer cinco delas um pouco melhor na seleção a seguir:

1 – Grão de cevada

Parece loucura criar uma unidade de medida baseada na dimensão de um grão de cevada? Pois essa medida existe e continua em uso na Grã Bretanha e Irlanda, e serve de base para determinar a numeração dos sapatos produzidos por lá.

Assim, cada “grão de cevada” — ou barleycorn — corresponde a um terço de polegada, e define a diferença entre um tamanho de calçado e outro. E só para complementar a medida, um quarto de grão equivale a uma semente de papoula.

2 – Vaca por grama

A “vaca por grama” é uma unidade de medida que costumava ser empregada na Irlanda, e era usada para determinar qual é a área de terra necessária para comportar uma única vaca. E, segundo Katharine, nos EUA existiu uma unidade parecida conhecida como “índice da vaca mãe”, que estabelecia quantas vacas prenhas um acre de terra era capaz de manter, mas em vez de estar focada na questão da área, essa medida se referia à qualidade da terra.

3 – Helena

Você deve conhecer as histórias sobre Helena de Troia e sua fama de ser a mulher mais bela do mundo, dona do rosto que lançou mil navios ao mar e provocou a maior confusão entre gregos e troianos, não é mesmo?

Pois com base nisso — ou seja, na quantidade de beleza necessária para mandar um único navio grego à guerra — foi criada esta curiosa unidade de medida. Assim, cada embarcação da Grécia Antiga lançada para a batalha corresponde a uma “milihelena”.

4 – Mãos

Todo mundo já ouviu falar em pés — onde um pé equivale a 30 centímetros —, não é mesmo? Pois as mãos também serviram como unidade de medida ao longo da História, o que faz bastante sentido, se considerarmos que elas são as partes do corpo mais usadas para segurar e manipular objetos.

Assim, na época do Antigo Egito era comum que as pessoas usassem o punho fechado ou a largura da mão para estimar medidas. E no século 16, o Rei Henrique VIII da Inglaterra tentou tornar padrão a medida da mão como sendo equivalente a quatro polegadas.

O uso de punhos, larguras e mãos de tamanhos diferentes acabou por atrapalhar um pouco as coisas, mas até hoje essa unidade de medida — de quatro polegadas para cada mão — é usado para calcular a altura de cavalos. Aliás, não pense que medir esses animais é tão simples assim, e não envolve calcular seu tamanho do chão até as orelhas! Isso porque a altura dos cavalos é medida dos cascos até o garrote, região nas costas dos equinos onde as espáduas se unem.

5 – Sydharb

Conforme já explicamos aqui no Mega Curioso — na matéria que você pode acessar através deste link —, é comum que na Inglaterra as pessoas façam uso de comparações para medir as mais variadas coisas, tanto que a Bélgica e o País de Gales, por exemplo, servem como unidade comparativa para designar o tamanho de determinada região.

Na Austrália existe uma unidade de medida chamada “sydharb” — cujo nome é uma combinação de Sydney Harbour ou Porto de Sydney — que é usada como unidade de volume. Assim, um sydharb corresponde à quantidade de água que existe no Porto de Sydney, que é equivalente a 500 gigalitros.

*Publicado em 7/4/2015