Enquanto centenas de nações africanas estão empenhadas em conter o vírus ebola e outros países estão se preparando para qualquer eventualidade, a imagem dos médicos envoltos em equipamentos protetores coloridos se tornou o símbolo da luta contra a doença.

Na Libéria, em Serra Leoa e Guiné, os prestadores de serviço de saúde e diversos voluntários internacionais se protegem da melhor maneira possível, enquanto cuidam dos infectados e mortos e destroem os pertences contaminados. O trabalho é muito perigoso, mesmo com todo o equipamento de proteção envolvido.

Já nos outros países, os profissionais da área da saúde estão planejando maneiras de enfrentar a contaminação e demonstrando os apetrechos necessários para o tratamento em casos de epidemia. Abaixo, você confere algumas imagens da luta contra o ebola.