Quando Dorothy enviou uma carta para seu namorado, Harry Hughes, em 1945, ela não imaginava que a correspondência nunca chegaria e ficaria perdida por sete décadas. Na época, Harry era um piloto do exército britânico, estacionado na região onde hoje fica o Sri Lanka, durante a 2ª Guerra Mundial.

De alguma maneira, o documento foi parar nos achados e perdidos de um supermercado em Manchester e foi encontrado, mais de 70 anos depois, por Stacie Adamson, uma funcionária do local.

Na carta, Dorothy fala que espera a volta de Harry para que os dois possam se casar, além de comentar sobre ter votado pela primeira vez nas eleições gerais da Inglaterra. Comovidos com a descoberta, os trabalhadores da loja postaram o achado no Facebook, na esperança de que alguém conhecesse o antigo casal.

E a ideia deu certo! Melhor ainda, a história dos dois parece ter tido um final feliz. Harry sobreviveu ao conflito e voltou para o Reino Unido, onde se casou com Dorothy. Eles tiveram três filhos e uma delas, Barbara Hughes, entrou em contato para receber a carta.

Além disso, Stacie, a funcionária que encontrou a carta, achou um vídeo na internet durante sua busca por Harry. Nele, o piloto é visto mandando uma mensagem para os pais e para Dorothy, garantindo que estava tudo bem no campo de batalha.

Foram mais de 70 anos de espera, mas a carta finalmente será entregue.