Abraços são gestos que, definitivamente, unem pessoas – mesmo aquelas que não se conhecem muito bem. Elizabeth Laird que o diga. Desde 2003, ela abraça soldados que chegam e que vão embora da base militar de Fort Hood, no Texas.

Conhecida como a “senhora dos abraços”, Laird passou a recepcionar e a se despedir dos soldados depois de realizar trabalhos voluntários em bases do Exército. No início, ela cumprimentava os militares com um aperto de mão, mas, com o passar do tempo, mais e mais soldados se aproximavam, e o que era um gesto mais cordial acabou evoluindo para o abraço.

“Não sei quando comecei a abraçar, mas um soldado me abraçou e havia outro soldado ali, então eu tive que o abraçar, e foi uma bola de neve”, disse a senhora que distribui abraços, em uma entrevista há seis anos. Desde então, ela fez questão de abraçar todos os soldados, todos os dias. Para ter certeza de que conseguiria manter o ritual, Laird checava todos os horários de pousos e decolagens do aeroporto local. O resultado? A estimativa de mais de 500 mil abraços distribuídos nesse tempo todo.

Hoje Laird tem 83 anos e precisou ser internada no início do mês de novembro, em decorrência de um câncer de mama, que vem tratando há dez anos. Assim que os soldados ficaram sabendo que a “senhora dos abraços” estava doente, resolveram retribuir o carinho e, desde então, ela vem recebendo inúmeras visitas de militares de todos os cantos dos EUA.

Ao Today, Laird contou que os militares não apenas fazem as visitas e distribuem abraços: eles ficam conversando com ela também, contando sobre suas famílias, viagens e missões ligadas ao Exército. Ela disse, ainda, que às vezes o número de soldados que querem a visitar é tão grande que o hospital precisa dispensá-los.

Se a história acabasse aqui, já seria linda demais, mas os amigos oficiais de Laird organizaram também uma campanha para arrecadar dinheiro para que ela possa pagar pelo melhor tratamento médico possível. Inicialmente, o objetivo era angariar US$ 10 mil, mas as doações já ultrapassaram os US$ 93 mil.

De acordo com o filho de Laird, a “senhora dos abraços” recebeu alta médica no último dia 20 de novembro, está em casa e deve começar novos tratamentos médicos em breve. Uma ótima recuperação para ela!

Qual foi a história que mais emocionou você? Comente no Fórum do Mega Curioso