1 – Alarme misterioso

No final do ano passado, residentes de Forest Grove, no estado norte-americano de Oregon, começaram a escutar um irritante barulho pela cidade. O ruído inexplicável parece uma espécie de alarme estridente, e sua duração pode variar de poucos segundos até vários minutos. Você pode ouvir o ruído misterioso no vídeo a seguir:

Além disso, o barulho já foi ouvido durante o dia e à noite também, e, segundo a população, ele é alto o suficiente para acordar as pessoas no meio da noite e deixar seus animais de estimação enlouquecidos. Ninguém conseguiu explicar ainda o que pode estar provocando o ruído, mas os moradores de Forest Grove temem que ele possa ser um sinal de perigo — e uma das hipóteses levantadas é a de que ele seja provocado pelo vazamento de gás.

2 – Colosso cantante

Em Luxor, no Egito, existem duas enormes estátuas conhecidas como Colossos de Mêmnon. Elas foram construídas por volta do ano de 1350 a.C. e faziam parte de um templo mortuário do faraó Amenófis III. Acontece que, séculos depois, por volta do ano 27 a.C., um terremoto atingiu a região e destruiu uma das estátuas — e ela passou a emitir um som que parecia um lamento de vez em quando logo após o amanhecer.

Hoje a estátua não “chora” mais — infelizmente, pois, já pensou que curioso presenciar esse fenômeno! —, mas cientistas que conduziram pesquisas no local suspeitam que o ruído fosse resultado do aumento da umidade e de temperatura nas rachaduras que surgiram no colosso após o terremoto conforme a manhã ia avançando.

3 – Rumores estratosféricos

Em meados do ano passado, um estudante norte-americano desenvolveu um instrumento com o objetivo de capturar ondas sonoras na atmosfera com frequências abaixo dos 20 Hertz. O equipamento foi lançado por meio de um balão de grande altitude que cobriu uma distância de mais de 700 quilômetros, alcançou altitudes de 37,5 mil metros e permaneceu no ar durante 9 horas. Ouça a partir do minuto 0:27 do vídeo abaixo os sons que o aparelho capturou:

Nesse período, o dispositivo registrou uma série de sinais que os cientistas ainda não conseguiram interpretar, e muitos deles jamais haviam sido registrados anteriormente. Eles suspeitam que alguns dos ruídos possam ter sido provocados por um parque eólico sobre o qual o balão pode ter passado, e estudam a possibilidade de que demais sons sejam turbulências, vibrações provocadas pelos cabos do equipamento e até ondas gravitacionais.

4 – “Retumbos” celestes

Há séculos fortes ruídos no céu são testemunhados pelo mundo, mas ninguém conseguiu chegar a uma conclusão definitiva sobre a sua origem. É claro que esses barulhos já pegaram muita gente de surpresa — levando alguns a temer que eles pudessem ser prelúdios de invasões alienígenas e até do fim do mundo —, e existem algumas teorias para explicar sua possível causa.

Em regiões costeiras, por exemplo, esses “retumbos” muitas vezes são ouvidos por surfistas que gostam de pegar ondas gigantes, e os sons parecem acompanhar essas formações quando elas batem contra as falésias. Os barulhos também já foram notados após tsunamis, seguidos do surgimento de bolas de fogo, e a explicação provável é que todos esses eventos provoquem a liberação de metano pelo leito oceânico.

Surpreendentemente, outra explicação seria que os estrondos sejam ocasionados pela movimentação de dunas de areia que, sob determinadas condições, podem provocar uma série de ruídos — entre eles um que já foi descrito como o de um gigante caminhando. No entanto, parece que a teoria mais aceita no momento é a de que a maioria dos retumbos celestes sejam causados por sismos subterrâneos.

Você já testemunhou algum som esquisito e inexplicável? Comente no Fórum do Mega Curioso