Hoje vamos contar a história emocionante de uma mulher chamada Margaret Thome Bekema. Há 70 anos, ela, que era a mais velha dos irmãos, se viu em uma situação bastante complicada: sua mãe estava com câncer, precisava de cuidados e já não tinha condições de administrar os serviços domésticos.

A solução? Margaret deixou a escola antes de concluir o Ensino Médio e receber seu tão sonhado diploma. De uma hora para a outra, ela se viu, ainda adolescente, com responsabilidades muito grandes.

Os anos se passaram, Margaret até chegou a trabalhar em um jardim de infância, mas nunca recebeu o certificado de Ensino Médio – naquela época, ter concluído esse período de estudos era algo quase mais valioso do que um diploma universitário.

Hoje Margaret é uma simpática senhora de 97 anos de idade que acabou emocionando o mundo todo ao ser homenageada por sua antiga escola, que entregou a ela um certificado honorário ao concluir que ela tem todos os valores essenciais que a escola ensina a seus alunos e que, portanto, pode receber o diploma também.

Durante a homenagem o diretor da instituição, Greg Deja, afirmou que a vida de Margaret tem sido de muito sacrifício e trabalho e que, por isso, incentiva e inspira toda a comunidade: "Suas escolhas representam todos os valores fundamentais que nós ensinamos aos nossos alunos”.

Ao receber a homenagem, Margaret chorou e agradeceu o reconhecimento, emocionada. Ela relembrou a própria história e disse que foi muito difícil largar a escola antes de se formar, principalmente porque gostava muito de estudar e tinha vários amigos, com os quais, de uma hora para a outra, acabou perdendo o contato.

A filha de Margaret contou que a mãe sempre lamentou o fato de não ter conseguido se formar, e que, por isso, receber essa honra tinha um significado imenso para ela, sua família e para muitas pessoas a quem serviu de inspiração também. Parabéns, Margaret!