Um grupo de jovens em Tóquio tem dado o que falar. Ao contrário do que se possa esperar, eles não estão envolvidos com algum novo tipo de bizarrice oriental, mas a escolha deles é, na verdade, bem simples: são jovens que simplesmente não sentem vontade de ter relações sexuais.

É o caso de Eri Asada que, aos 22 anos, não tem qualquer tipo de interesse sexual: “a ideia de transar com alguém nunca passa pela minha cabeça. Não gosto nem de andar de mãos dadas”, afirmou ela em uma declaração publicada na Revista Marie Claire.

A tendência a não querer fazer sexo é cada vez mais comum no país asiático. Pesquisas recentes já detectaram a aversão que muitos jovens sentem quando o assunto é relacionamento sexual e namoro. Um levantamento de 2013 concluiu que 45% das mulheres e 25% dos homens japoneses não tinham interesse em sexo. Além de tudo, estima-se que 40% dos casamentos japoneses sejam assexuados.

“A expectativa em relação ao outro não se adaptou aos novos tempos. Muitos ainda querem mulheres submissas e elas não sentem atração por homens sem ambição. Ficou difícil para eles se conectarem romanticamente”, disse Kunio Kitamura, diretor da Associação de Planejamento Familiar do Japão.

Via Em Resumo