Não é só o dinheiro em papel e moedinhas que fazem a economia do mundo girar. Em muitos países, existem moedas correntes alternativas, que se tornaram formas efetivas de pagamento em algumas situações e estabelecimentos. Quer saber quais são elas? Confira abaixo.

1 – Detergente Tide

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

Apelidado de "ouro líquido", esse produto para lavar roupas se tornou uma moeda corrente totalmente inusitada em alguns lugares dos Estados Unidos. Alguns criminosos estão usando o Tide, em vez de dinheiro, para comprar e vender drogas.

Segundo um artigo da NY Magazine, Tide é fácil de roubar, tem reconhecimento de marca e carrega apenas a penalidade furto para em seu roubo. Por isso, no submundo do tráfico, ela se tornou uma moeda para aqueles que querem lucrar, já que uma garrafa com cerca de 4,5 litros de Tide sai por 5 dólares, mas vale 10 dólares em maconha ou crack nas negociações.

2 – Dinheiro de empresa de pneus

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

O Canadá tem outra moeda forte, além do dólar canadense tradicional. É o "dinheiro" impresso pela Canadian Tire, uma empresa de pneus que tem lojas em todo o país e que é muito familiar por lá.

O dinheiro começou a ser impresso em 1958 (em diversos valores), com o seu mascote Sandy McTire sobre as notas, e foi originalmente destinado para ser usado por clientes para descontos na rede comercial. No entanto, por causa da onipresença da empresa, estas notas são aceitas pelo seu valor nominal em vários estabelecimentos.

3 – Chiemgaur

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

Um professor de economia do ensino médio na Alemanha teve uma ideia interessante sobre o ensino de seus alunos sobre o dinheiro: criar a sua própria moeda. Para isso, em 2003, ele criou uma moeda chamada Chiemgaur.

A cotação é de um para um com o euro, mas tem um recurso de prazo, que faz com que o valor das notas fique depreciado ao longo do tempo, desestimulando o acúmulo e incentivando gastos locais. O Chiemgaur é bastante popular no sul da Alemanha, onde é aceito por 600 empresas e 300 lojas.

4 – O Ven

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

O Ven é uma moeda que é ao mesmo tempo global e sustentável! Esta é a forma de troca para os membros do Hub Culture, um site colaborativo com notícias diferentes e ideias para melhorar o mundo. Os membros podem trocar o Ven para bens ou serviços, podendo usá-lo em pavilhões localizados em cidades ao redor do mundo.

5 – WIR Francos

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

Uma das moedas alternativas mais antigas e mais bem sucedidas é o suíço WIR Franco, que foi criado em 1934 como uma resposta à Grande Depressão global. Ele trabalha em paralelo com as moedas tradicionais, sendo que a quantidade de créditos WIR pode compensar a quantidade de dinheiro que um vendedor precisa sem afetar o lucro do comprador.

6 – Bitcoin

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee

Há uma série de moedas alternativas digitais existentes na atualidade, incluindo Litecoin e PPCoin , mas a mais conhecida é a Bitcoin. Basicamente, é uma forma independente de dinheiro que é digital, internacional e independente de qualquer estado, banco, empresa ou entidade.

Em um mundo perfeito, seria a forma mais conveniente e barata de comércio. Mas, na realidade, comprar e vender usando a Bitcoin pode ser um desafio. Austin Craig e Beccy Bingham, um casal de Utah, decidiu tentar usar nada além da Bitcoin nos seus primeiros 90 dias de casados para um documentário.

7 – Linden Dollars do Second Life

Fonte da imagem: Reprodução/The Sidney Morning Herald

Aqui está uma moeda que existe em um mundo dentro de um mundo, na comunidade digital do Second Life. Lá, você pode usar Linden Dollars, em homenagem a empresa que criou o Second Life. O valor é variante, mas a troca é de cerca de 250 “Lindens” para cada dólar.

Entre os jogadores, ainda é possível usar a moeda para tornar-se rico, tanto no mundo real quanto no virtual. O exemplo mais famoso é de Anshe Chung, conhecida no mundo real como Ailin Graef, que se tornou a primeira milionária no mundo virtual do Second Life com a venda de imóveis virtuais, com valores que puderam ser convertidos em dinheiro real.

8 – Frutas

Fonte da imagem: Shutterstock

No Reino Unido, as frutas frescas se transformaram em uma moeda alternativa nas casas de custódia e reformatórios penais. Dívidas e subornos são pagos aos criminosos mais velhos usando bananas, maçãs ou qualquer outra fruta mais difícil de encontrar.