Hoje no Próxima Parada vamos conferir as belezas incríveis da Costa Rica, um país que fica localizado na América Central e é um dos destinos internacionais mais visitados, principalmente por quem gosta de aventura e praias paradisíacas. Não é a toa que um dos slogans do país é “Costa Rica é pura vida”.

A Costa Rica faz fronteira com o Panamá ao sul e com a Nicarágua ao norte, sendo banhada tanto pelo Oceano Pacífico quanto pelo Atlântico.

Apesar de abrigar tantas riquezas naturais, o país tem uma área total de apenas 51.100 quilômetros quadrados, sendo um pouco menor que o estado brasileiro da Paraíba. Em apenas pouco mais de três horas de viagem de carro, é possível atravessar o país da costa atlântica até a costa pacífica.

A capital

A Costa Rica é dividida em sete províncias, sendo que a mais populosa é a de San José, onde fica a capital do país que tem o mesmo nome. Localizada no Planalto Central, a província estende-se para o nordeste, atravessando as montanhas impressionantes da Cordilheira Central, que inclui parques nacionais e reservas florestais, com uma abundância de plantações de café.

A capital da Costa Rica, San José, fica numa planície extensa, ladeada por vulcões majestosos e colinas verdes, homenageando a riqueza natural que existe em todo o território nacional. Fundada na primeira metade do século XVIII, San José é hoje uma metrópole cheia de lugares interessantes, além de pessoas e cores que refletem a história de uma população.

Sua arquitetura é diversificada, assim como o seu povo. Há muitas casas e edifícios de inspiração europeia. Entre os lugares mais representativos da cidade, podemos citar o Teatro Nacional, que foi inaugurado em 1897.

Além dele, os museus de classe mundial, parques, hotéis, teatros e prédios históricos, são algumas outras opções a serem descobertas pelos milhares de turistas que visitam San José anualmente.

Biodiversidade e vulcões

Um dos orgulhos do povo costa-riquenho é a sua natureza surpreendente, pois, embora o país seja pequeno — cobrindo apenas 0,03% da superfície do globo —, ele abriga a 5% da biodiversidade existente em todo o mundo e cerca de 25,5% 25% do território é protegido por leis ambientais

O terreno da Costa Rica varia entre planícies costeiras e montanhas. Três cadeias de montanhas atravessam o país e existem mais de cem cones vulcânicos, sendo que alguns dos quais são grandes vulcões ativos.

Entre os maiores vulcões estão o de Turrialba, Arenal, Irazú e Poás. Todos eles são cercados por seus parques nacionais repletos de atividades ecológicas e até spas com piscinas termais de água quente.

Economia

A agricultura é a base forte da economia costa-riquenha, sendo que a cultura do café é uma das mais importantes. A Costa Rica produz alguns dos melhores cafés do mundo há bastante tempo. No entanto, nos últimos anos, outras culturas menos tradicionais têm desempenhado um papel econômico cada vez mais valorizado.

As bananas, por exemplo, são o segundo mais importante produto de exportação, com vastas plantações que cobrem partes das terras baixas do Caribe. Há também muitas terras dedicadas ao cultivo de abacaxi, cana-de-açúcar, laranja, arroz, madeira e plantas ornamentais, bem como a criação de gado para carne e laticínios.

É claro que, além da agricultura, o turismo desempenha um papel importantíssimo na economia do país, sendo que atividade turística cresce a cada dia, oferecendo novas oportunidades de emprego e estimulando ainda mais a conservação da biodiversidade complexa da Costa Rica.

O país também é atraente para investimentos (de imóveis, por exemplo) e oferece um grande potencial para o estabelecimento de empresas multinacionais importantes, graças ao ótimo nível acadêmico da sua população, bem como o alto padrão de serviços modernos e estabilidade social e política.

Clima

Em geral, o clima na Costa Rica é muito agradável, não só durante a estação seca, que se estende de dezembro a abril, mas também durante a estação chuvosa, que vai de maio a novembro.

Apesar de ser considerada estação chuvosa, as precipitações nessa época ocorrem geralmente na parte da tarde, enquanto as manhãs se mantêm ensolaradas. Uma ótima notícia para os turistas que visitam o país nesse período.

O clima tropical gostoso tem uma temperatura média de 22 graus Celsius, que aumenta consideravelmente nas áreas costeiras.

História e cultura

A cultura da Costa Rica é, em muitos aspectos, um reflexo de sua diversidade racial. A influência predominante tem sido europeia, que se reflete em tudo, desde a língua oficial (o espanhol) até a arquitetura das igrejas do país e outros edifícios históricos.

A influência indígena é menos visível, mas pode ser encontrada na gastronomia ou nas cerâmicas artesanais vendidas em bancas de beira de estrada. Um aspecto importante do legado cultural da Costa Rica é o seu amor pela paz e democracia.

O exército foi abolido em 1948 e o dinheiro que o país economiza por não gastar em questões militares é investido na melhoria da qualidade de vida dos costa-riquenhos, fato que tem promovido uma cultura de paz social que faz com que seja um lugar ainda mais agradável de visitar.

Esportes aquáticos

As praias da Costa Rica estão cercadas por florestas e têm grande diversidade natural. Em muitas delas, há belos recifes de coral, onde é possível mergulhar e explorar com acompanhamento profissional de instrutores.

Além disso, dependendo do lugar visitado, você tem uma série de atividades complementares, tais como: caminhadas para manguezais, mergulho, surf, pesca esportiva, caminhadas em trilhas ou passeios a cavalo.

Em se tratando de surfe, o país abriga praias sensacionais para a prática e a melhor época para o esporte é durante a estação chuvosa, quando as ondas ficam perfeitas. Entre os destinos mais procurados pelos surfistas estão Puerto Viejo, Palya Naranjo, Mal-Pais-Santa Teresa, Tamarindo, Playa Avellana, Dominical, Nosara e Playa Negra.

Gastronomia

Em se tratando de gastronomia típica, a Costa Rica tem muito a ver com o Brasil. Isso porque um dos pratos mais tradicionais de lá é o Gallo Pinto, forma a qual eles chamam o arroz com feijão preto. Só que eles comem essa refeição no café da manhã! Para acompanhar, eles consomem esse prato geralmente com natilla (creme azedo), ovos mexidos e banana frita.

Mas eles também levam o arroz e feijão preto para o almoço, combinando com carnes, vegetais, queijo e tortillas de milho, chamando essas refeições de casados.

Além disso, muitos pratos da cozinha costa-riquenha também têm semelhanças com os mexicanos, como as tortillas, tacos e tamales. Para a sobremesa, o arroz-doce é uma das mais populares e eles chamam de arroz con leche.

Mais curiosidades

  • Os costa-riquenhos se autodenominam como Ticos e Ticas;
  • No território da Costa Rica existem mais de 130 espécies de peixes, 220 de répteis, mil borboletas (10% de borboletas do mundo estão na Costa Rica!), nove mil espécies de plantas, vinte mil espécies de aranhas e 34 mil espécies de insetos;
  • A média da expectativa de vida é de 78 anos, uma das mais altas do mundo;
  • O país tem uma taxa de alfabetização de 96%. Em áreas pobres e rurais, onde as crianças não podem chegar a escolas, eles podem acompanhar aulas pelo rádio;
  • O país é uma escolha bastante popular para os expatriados norte-americanos que querem se aposentar nos trópicos e curtir a vida;
  • San Jose fica a apenas duas horas de Miami de avião e três horas e meia de Nova York;
  • A Costa Rica é um país católico, mas garante a liberdade de religião;
  • Na costa do Atlântico, do lado do Caribe, a maioria da população é descendente de raízes africanas, como a Jamaica, e fala espanhol, inglês e dialetos locais;
  • As sete províncias são: San José, Alajuela, Heredia, Cartago, Guanacaste, Puntarenas e Limon;
  • O Vulcão Poás tem a segunda maior cratera do mundo e o Arenal é um dos dez vulcões mais ativos do mundo;
  • Apesar de a Costa Rica ter a sua própria moeda (o cólon), muitos preços de lojas estão em dólar, que também é aceito.