Você já imaginou como seria o jogo Banco Imobiliário se, em vez de casinhas e edifícios de plástico, todas essas pecinhas fossem feitas de comida? De acordo com o site DeZeen, a agência de publicidade sueca PJADAD criou algo parecido para promover um restaurante de Estocolmo que organiza workshops e cursos voltados para designers, chefs de cozinha, empresários e cientistas.

Fonte da imagem: Reprodução/PJADAD

O restaurante em questão se chama Atelier Food, e a ideia de criar a minicidade com blocos de alimentos — como edifícios de queijo, casinhas de presunto e pracinhas de brócolis — serve para representar o trabalho realizado pelo pessoal do atelier, que integra profissionais de diversas áreas com o objetivo comum de buscar soluções globais e inovações através de discussões e laboratórios culinários.

Fonte da imagem: Reprodução/PJADAD

Assim, por meio da cidadezinha comestível, a intenção é mostrar a conexão entre comida e sociedade, sem deixar de lado aspectos como a sustentabilidade, a cultura, o desenvolvimento urbano, a energia e o transporte que, embora sejam questões nas quais nem pensamos quando vamos a um restaurante, fazem parte do processo envolvido na administração e no funcionamento de estabelecimentos dedicados à comida.