De acordo com a BBC, um homem vestido de Batman entregou um criminoso às autoridades inglesas na madrugada do dia 25 de fevereiro, desaparecendo logo depois de cumprir sua missão. Segundo a publicação, o herói fantasiado prendeu um ladrão de 27 anos, acusado de fraude e posse de produtos roubados.

O justiceiro anônimo não deixou pistas sobre a sua verdadeira identidade, e tudo o que se sabe até o momento é que — obviamente — não se trata de Bruce Wayne! Brincadeiras à parte, a proprietária de uma loja de fantasias acredita que o pretenso “herói” comprou a vestimenta em seu estabelecimento, e a mulher pode ser a única pessoa a conhecer a verdadeira identidade do Homem-Morcego “tabajara”.

Conforme explicou à BBC, a mulher vendeu a roupa dois dias antes de o justiceiro entregar o criminoso às autoridades, afirmando que se tratava de um rapaz alto de cerca de 20 anos de idade, com sotaque local e cabelos cacheados escuros. Além disso, em vez de escolher uma fantasia mais recente, o jovem insistiu em adquirir a indumentária original dos anos 60, pagando pela compra com um cartão de crédito.

A dona da loja tem em seu poder o comprovante de venda, mas garantiu que manterá a identidade do justiceiro anônimo em segredo.