O italiano Marco Gusmini, de 21 anos, morreu na quarta-feira (23) esmagado por um crucifixo gigante feito em homenagem a João Paulo II. O monumento, instalado em 2005 na cidade de Cevo, no noroeste da Itália, tinha como função recordar a visita que o papa em questão fez à região, em 1998.

De acordo com o prefeito da cidade, a vítima estava participando de uma excursão religiosa com outros jovens, que correram para longe ao ouvir os ruídos vindos do crucifixo, mas Marco acabou indo na direção errada. A estrutura havia passado por manutenção há alguns meses.

Via EmResumo