1. Isso ajuda você a encontrar coisas perdidas mais rapidamente

Faça o teste: quando perder a chave de casa ou o controle remoto da TV, você vai encontrá-los muito mais depressa se falar em voz alta, para si mesmo, os lugares onde você esteve antes de extraviar os objetos.

2. É uma forma eficaz de memorizar conteúdos

Enquanto as provas do ENEM não acontecem, uma boa ideia para memorizar os conteúdos do exame é dizê-los, diante do espelho, em alto e bom tom. Essa técnica é utilizada por grandes empresas e ensinada em livros de marketing como uma estratégia eficaz para gravar na memória o que, de fato, precisa ser lembrado.

3. Isso auxilia muito a tomada de decisões

Debater, para si próprio, os prós e os contras de uma situação conflitante é uma ótima maneira de preparar a mente para a tomada de uma decisão. Isso força você a buscar argumentos de ambos os lados e ajuda a perceber o que realmente precisa ser levado em consideração em cada caso.

4. É um exercício de autocompreensão

Verbalizar consigo mesmo não é sinal de que você ficando louco ou senil, mas sim uma maneira simples e esclarecedora de compreender quais coisas te afligem e alimentam sua alma.

5. Você pode se preparar para ocasiões específicas

Colocar-se diante do espelho e reparar na postura e na forma como você emposta a sua voz é um exercício ótimo para se fazer antes de uma entrevista de emprego ou um seminário na faculdade. Você pode ser o maior especialista na sua área, mas, se não souber transmitir oralmente tudo o que você sabe, será considerado apenas mais um.

 

6. Você descobre uma ótima companhia

Já imaginou o quão chato seria se você não tivesse nada para dizer? Pelo menos, quando fala consigo mesmo, sua mente estará sempre ativa, e você nunca mais vai precisar se sentir se sozinho ou abandonado. Antes falando sozinho do que conversando com pessoas indesejadas.