A não ser que você seja vegetariano, você provavelmente concorda que o bacon é aquele tipo de ingrediente capaz de tornar qualquer prato melhor. Como você deve saber, esse saboroso corte consiste na carne — geralmente — obtida a partir da barriga do porco e é largamente usado na culinária. Mas não é só isso: além de delicioso, o bacon é rico em uma porção de nutrientes, como cálcio, magnésio, potássio, vitamina A, vitaminas do complexo B, fósforo e selênio, e conforme você vai descobrir a seguir, não faz tão mal assim para a saúde. Confira essa e outras duas curiosidades interessantes sobre essa maravilha da cozinha:

1 – Ele é antigo pra chuchu

Um pedaço de bacon (Giphy)

O bacon, para quem não sabe, nada mais é do que carne de porco curada, isto é, uma peça de carne que foi salgada e defumada. Pois esse processo foi inventado na Antiguidade para prolongar a vida útil dos alimentos (quando não existiam geladeiras e freezers), e no caso específico do corte porcino, existem registros de que os chineses desenvolveram o método para prepará-lo há cerca de 4 mil anos.

2 – Ele melhora o sabor de tudo

Existe uma razão para a adição do bacon a qualquer receita tornar o resultado final do prato mais saboroso. Esse corte é rico em dois ingredientes “mágicos” que são capazes de acentuar os gostos dos alimentos — e são eles o sal e a gordura.

Muitas fatias de bacon (Giphy)

Enquanto o primeiro realça o sabor, o segundo ajuda a transportar os diferentes gostinhos até as papilas gustativas e, para complementar a experiência, o bacon confere mais textura e crocância às receitas. Além disso, apesar de salgada, a carne de porco também tem notas adocicadas, o que significa que esse ingrediente é capaz de aguçar todos os receptores gustativos ao mesmo tempo.

3 – Ele não é tão ruim para a saúde como dizem por aí

Tudo bem que o bacon não é a opção de carne mais “magra” que existe, e que, por se tratar de uma carne processada, seu consumo já foi associado a um maior risco de desenvolvimento de problemas cardiovasculares e de câncer de cólon. No entanto, quando ingerido de forma moderada, ele não é o terror que muita gente pensa.

Um perto de uma fatia de pizza (Giphy)

Embora duas fatias de bacon cru ofereçam cerca de 230 calorias e 36% da quantidade diária recomendada de gordura saturada, depois de serem fritas e devidamente escorridas, essas mesmas fatias passam a oferecer 86 calorias e 10% de gordura. Portanto, contanto que a carne seja bem fritinha e escorrida e seu consumo se limite a... digamos, uma vez por semana e em quantidades modestas, ela pode ser saboreada sem problemas.