Existem muitas receitas para tratamento de pele e todas prometem fazer milagres em poucos dias. As caseiras normalmente são as que chamam mais atenção por usarem itens baratos e de fácil acesso, que muitas vezes podem ser encontrados na despensa ou na geladeira de casa.

Entretanto, alguns produtos, embora muito úteis para outros fins, não podem ser usados indiscriminadamente na sua cútis apenas com a desculpa de serem naturais, pois eles acabam prejudicando mais do que ajudando a saúde da sua derme.

Entendendo a sua pele

A sua cútis, em condições normais de saúde e higiene, mantém uma camada ácida que tem um pH entre 4 e 5. Isso evita que bactérias indesejadas se alojem, enquanto hospeda uma flora que faz bem para a derme, evitando infecções indesejadas.

Além disso, você também tem uma camada de lipídios, óleos naturais secretados pelas glândulas sebáceas para proteger a pele e evitar que ela resseque como a de um animal marinho encalhado na praia.

Alguns tratamentos caseiros são especialmente prejudiciais por interferirem de maneira muito drástica nesses dois aspectos. Conheça alguns deles.

Limão

Usado principalmente para esfoliação e clareamento de manchas da pele, a acidez extrema da fruta desbalanceia o pH natural e pode causar irritação. Além disso, o suco é fototóxico, ou seja, o contato com a luz pode gerar uma inflamação e até queimaduras químicas, um resultado nada agradável para quem está buscando justamente uma cútis perfeita.

Bicarbonato de sódio

Este é um ingrediente muito utilizado para limpeza da casa e receitas culinárias, porém seu rosto não deve ser tratado como uma privada qualquer. Além de tirar a acidez natural da pele, deixando o pH mais para o lado básico, ele é extremamente áspero.

Com isso, além da remoção a camada de proteção contra bactérias ao esfregar a face com o produto, ainda há risco de descamar mais do que deveria. Guarde o bicarbonato para outros usos, não para fins de beleza.

Açúcar

O açúcar é certamente uma coisa muito agradável para se colocar na boca, mas não na sua pele. Os cristais do ingrediente podem irritar a derme se forem usados como esfoliantes, além de ressecar a cútis e afetar a camada de lipídios.

Se a ideia é cuidar do seu rosto para que ele fique liso e macio, este produto vai ter justamente o efeito oposto.

Pasta de dente

Talvez você já tenha ouvido falar que creme dental ajuda em casos de espinhas ou até mesmo de queimaduras, mas, em ambas as possibilidades, você só estaria piorando a situação.

O pH do produto é muito básico e, no lugar de ajudar a matar as bactérias da acne, você só estaria criando um ambiente mais propício para elas se proliferarem. O alívio momentâneo que a pessoa pode sentir é por conta do sabor mentolado presente nas pastas, mas ele só ajuda a irritar e ressecar ainda mais a pele.

Cuidado com o que coloca no rosto

Apesar de existirem itens naturais, como mel, iogurte e aveia, que realmente ajudam nos cuidados com a saúde da sua cútis, é melhor não acreditar em qualquer receita caseira indicada por uma conhecida de alguma amiga.

Manchas indesejadas e uma irritação feia podem ser mais complicadas de tratar do que aquela espinha que apareceu justo no dia da festa.