A folivora, conhecida também como bicho-preguiça, é facilmente identificada pelos movimentos lentos e uma carinha bem tranquila. Ao avistar o animal, é comum o vermos deitado em galhos e vagarosamente alcançando folhas para se alimentar. Essas características são bastante conhecidas, mas você já se perguntou como estes animais copulam? Caso sim, estamos aqui para lhe explicar.

Primeiro, existem várias espécies de folivoras, entre elas a preguiça, a aí, a aígue e a cabeluda. Apesar de todas serem muita parecidas, elas apresentam diferenças entre números de dedos — umas possuem apenas dois, outras, três. A partir dessa diferença vamos lhe explicar como funciona o sexo das preguiças.

Poligamia e garras

Antes de tudo, precisamos entender como funciona o sistema de relacionamento das folivoras. As preguiças de três garras costumam viver em poligamia, com o macho tendo várias fêmeas, e a promiscuidade entre as fêmeas é baixa. Por outro lado, as de dois dedos possuem uma taxa de poligamia muito baixa e a promiscuidade alta entre as meninas.

Uma coisa em comum entre todas as folivoras é o espaço: elas possuem a sua área e dificilmente saem para fazer qualquer coisa. Então, a grande dúvida que ainda não parece ter sido respondida é como elas se encontram para copular.

O flerte

Segundo o pesquisador e biologista Adriano Chiarello, da USP, o flerte das preguiças pode ser um grito alto e agudo. "Em alguns locais, as pessoas de áreas rurais que estão cercadas pela floresta nativa comentam sobre um assovio alto feito pelas folivoras em algumas épocas do ano", disse.

Chiarello ainda comentou sobre um aluno que presenciou um B. variegatus macho (três dedos) indo em direção a uma fêmea nas florestas do Espírito Santo. Ao que parece, ela é que estava chamando o macho. Porém, "se há um comportamento de cortejo, nós não sabemos", comentou o pesquisador.

Em um estudo feito em 2012 na PLOS ONE, várias preguiças foram colocadas juntas. Foi observado que um dos machos, de alguma maneira que ainda não foi entendida, colocou todos os outros de lado e se tornou o alfa do bando. E foi exatamente este que as fêmeas escolheram.

La petite mort

O coito entre folivoras acontece dessa forma: o ato é curto e dura poucos minutos. Porém, alguns momentos depois, o macho tenta o 2° round. As "posições" englobam tanto o macho por trás quanto um "cara a cara".

Depois, os preguiças costumam monitorar a área das fêmeas por tempo, podendo até entrar em confronto com outros animais que entram no local. "Já encontrei alguns machos velhos com cicatrizes no rosto e até cegos de um olho. Isso provavelmente foi resultado de alguma luta entre dominantes", comentou Chiarello.

E você? Gostaria de conhecer mais sobre outro animal? Conte nos comentários.