Não é difícil descobrir alguém que tenha certeza de ter vivido algum tipo de encontro sobrenatural – o que é complicado mesmo é encontrar comprovação científica para esse tipo de relato.

Ainda que a Ciência não possa comprovar a existência de fantasmas, isso não quer dizer que ela não tenha explicações para fenômenos sobrenaturais – ou, pelo menos, para o que nos faz acreditar neles.

De acordo com o investigador paranormal Joe Nickell, as pessoas podem confundir ondas sonoras de baixa frequência com fenômenos sobrenaturais; afinal, algumas ondas não podem ser ouvidas por nós de maneira natural, mas nossos corpos as detectam e nos mostram isso por meio de calafrios, sentimentos de mal-estar e até mesmo alucinações – bizarro, hein!

E não é só isso

Outras formas de experimentarmos sensações que nos parecem sobrenaturais estão presentes em eventos como a paralisia do sono, que é o que acontece quando acordamos, mas nosso corpo permanece paralisado – é como se tivéssemos pesadelos mesmo já em estado de vigília. Nós já falamos especificamente sobre a paralisia do sono aqui no Mega Curioso, então se você quer entender mais sobre ela, clique aqui.

Só para você ter ideia do quanto o nosso corpo pode ser abalado e nos levar a crer que estamos diante de eventos paranormais, até mesmo o envenenamento por mofo é algo que pode fazer com que uma pessoa tenha medo irracional e, inclusive, com que desenvolva demência.

Para ver mais possíveis explicações para fenômenos sobrenaturais, assista a uma entrevista muito interessante feita com o próprio Nickell, no vídeo acima – as legendas podem ser traduzidas nas configurações do YouTube.