Nova York (AE) – O homem mais velho do mundo, o químico e parapsicólogo aposentado Alexander Imich, morreu em Nova York aos 111 anos. Segundo sua sobrinha, ele morreu no domingo em sua casa em Manhattan.

Karen Bogen, moradora de Providence, Rhode Island, disse que visitou Imich um dia antes e que sua saúde havia piorado nas últimas duas semanas — tanto que ele não foi capaz de reconhecê-la.

Imich nasceu em 1903 em uma cidade da Polônia que, na época, pertencia à Rússia. Ele e a mulher fugiram depois de os nazistas invadirem o local em 1939 e se mudaram para os Estados Unidos em 1951. Sua mulher morreu em 1986. Imich dizia que seus bons genes e estilo de vida saudável contribuíram para sua longevidade.

A produção do livro dos recordes, o Guinness, investiga a afirmação de que agora o japonês Sakari Momoi, de 111 anos, é o atual homem mais velho do mundo. A pessoa mais idosa da Terra é a japonesa Misao Okawa, de 116 anos.

Via EmResumo