Em um novo vídeo gravado na Nova Zelândia, o premiado diretor de Hollywood James Cameron e sua esposa, Suzy Amis Cameron, aparecem realizando algumas das atividades mais icônicas da Nova Zelândia, descobrindo belezas naturais e falando sobre sua paixão pelo país e pelo povo neozelandês.

A relação pessoal de Cameron com a Nova Zelândia remete à sua primeira visita ao país, em meados dos anos 90. "Vim como um estranho e sabia muito pouco sobre o destino, mas saí completamente apaixonado. Não foram só as belezas naturais que me encantaram, como também o espírito dinâmico do seu povo. Nunca tinha sentido uma conexão tão forte com um lugar. E nunca deixei de lado o sonho de voltar para cá", revela.

Há quatro anos, ele e sua família se dividem entre a Califórnia e a Nova Zelândia, onde possuem uma casa na bela costa de Wairarapa, na Ilha Norte, local em que dedica seu tempo à criação do próximo filme da série Avatar. “Há muito para vivenciar aqui e tudo é muito próximo. Quem gosta de atividades ao ar livre e de aventura não vai encontrar lugar melhor no mundo. De carro ou de helicóptero, o país passa pela janela e impressiona como se fosse um filme IMAX”, acrescenta.

Dicas de James Cameron para curtir férias inesquecíveis na Nova Zelândia

Explore as atividades ao ar livre

“Eu costumo dizer que a imaginação da natureza é infinita. É uma algo extraordinária ver algo que você nunca tinha visto antes. É como um quadro vivo: você nunca irá vivenciar a mesma experiência em dois dias seguidos”

James Cameron e sua espasa em Glenorchy: paixão pela Nova Zelândia

Pegue dicas com os locais

“Converse com os locais e descubra os melhores lugares para ir. Se você trata-los com respeito fará bons amigos que lhe darão preciosas dicas”

Curta as vistas panorâmicas

“Sempre que puder, busque uma atividade que ofereça vistas panorâmcas – seja a bordo de um helicóptero, escalando uma montanha ou caminhando ao topo de uma colina. As nuvens, a luz, o clima, tudo é diferente. Você realmente o mundo quando está no topo dele”

Dirija por suas belas estradas

“Não tem erro! Dirija em qualquer direção e comprove: o país passa pela janela e impressiona como se fosse um filme IMAX.

Via assessoria