Nova Trento, uma pequena cidade colonizada pelos italianos e localizada a 80 quilômetros da capital de Santa Catarina, Florianópolis, é conhecida como a cidade de Santa Paulina, a primeira santa do Brasil. Com um povo acolhedor e descendente de europeus, guarda um lugar que deixa qualquer apreciador da natureza com os olhos brilhando.

O Morro da Cruz, como o local é conhecido pelos moradores da cidade, tem uma altura de 525 metros e guarda um santuário com uma vista panorâmica do vale que cerca a cidade. Em dias de tempo aberto, é possível até mesmo ver o litoral.

A igreja, localizada no topo do morro, conta uma história de exemplo dos antigos moradores da cidade. No passado, ainda sem uma estrada definida — apenas com uma espécie de trilha —, todo o material foi carregado pelo povo de Nova Trento nas costas até o topo do morro, para a construção de uma espécie de torreão com 45 metros de altura, onde seria implantado o monumento da Nossa Senhora do Bom Socorro. O monumento veio da França, por meio de uma doação da Condessa de Clermont de Tonerre.

Além do turismo religioso e de um museu com muita história sobre a imigração e a cultura italiana em Santa Catarina, no local podem ser encontrados uma trilha para praticantes de Downhill, grutas e um ambiente para relaxar e apreciar. O Morro da Cruz em Nova Trento é o lugar perfeito para quem quer sair do roteiro de destinos mais conhecidos das praias catarinenses.

Se você está passando pelo litoral de Santa Catarina, vale a pena passar o dia nesta cidade que é um pedacinho da Itália no Brasil.

* Texto produzido em parceria com Luiz Felipe Tridapalli