No dia 11 de março de 2011, um terremoto de 8,9 graus na escala Richter, seguido de um tsunami, abalaram o Japão, causando danos também na usina nuclear de Fukushima. Os vazamentos deixaram os níveis de radiação na área oito vezes acima do limite de segurança, obrigando a população a sair de um raio de 20 km ao redor da usina.

Cinco anos depois, a situação ainda não mudou. Mesmo que exista uma zona de exclusão bem clara, Keow Wee Loong, um fotógrafo de 27 anos, quebrou as regras e invadiu a área sorrateiramente. Ele fez registros incríveis de locais que estão completamente abandonados; confira:

1. Mercados ficaram com o estoque no chão depois do terremoto

2. Vários produtos ainda estão lacrados nas prateleiras

3. Videolocadora ainda divulga os filmes de 2011

4. Livraria

5. As pessoas saíram tão rápido que esqueceram roupas e dinheiro na lavandeira

6. É como se o tempo tivesse parado no local

7. Uma caixa de PlayStation 2

8. Estação de trem fantasma

9. Uma das barricadas do local