Como todo mundo sabe, a gravidez em humanos costuma durar por volta de 9 meses — ou cerca de 38 semanas a partir da concepção — e, embora seja um milagre da vida, geralmente vem acompanhada de alguns desconfortos, como enjoos, inchaços, refluxo e dores. Mas, e com respeito às gestações dos animais, o que você sabe sobre elas?

O pessoal do Live Science reuniu em um interessante artigo algumas gestações curiosas que ocorrem no Reino Animal, e nós aqui do Mega Curioso selecionamos sete para você conferir. Preparado?

1 – Tatus

Imagine se fosse possível manter um embrião em estado dormente até que o momento certo para ter um bebê. Pois as fêmeas de tatu contam com essa vantagem — assim como ocorre com os ursos e os texugos —, sendo capazes de “reservar” um óvulo fecundado ou zigoto em seus corpos sem que ele se desenvolva. Este permanece em estado latente até que as condições sejam propícias para que o filhote nasça e a mãe possa cuidar adequadamente da prole.

2 – Porquinhos-da-índia

As fêmeas desses bichinhos fofos são pra lá de precoces, pois podem começar a se reproduzir com apenas quatro semanas de vida. E depois que começam, não param mais! Os períodos férteis ocorrem a cada 15 ou 17 dias, e as gestações geralmente levam entre 59 e 72 dias.

Contudo, as “porquinhas” voltam a entrar no cio entre 2 a 15 horas após darem cria. Portanto, se você tem um casal desses animais e não quer ver a sua casa sendo invadida por um batalhão deles, é melhor separar o casal após o nascimento da prole.

3 – Cavalos-marinhos

Você já deve ter lido aqui no Mega Curioso sobre a atuação — superativa! — dos papais cavalos-marinhos, que são os que ficam “grávidos” em vez das fêmeas. As mamães depositam seus óvulos em uma bolsa localizada na base da cauda dos machos, onde são fertilizados e permanecem durante aproximadamente dois meses, até que se abrem e os filhotes são expelidos pelos pais.

4 – Gambás

Se às vezes temos a impressão de o período gestacional dos humanos é supercurto, imagine o dos gambás então, que costumam durar aproximadamente 2 semanas. E, assim como ocorre com outros marsupiais — como cangurus, diabos-da-tasmânia e os coalas —, as mamães carregam seus filhotes em uma bolsa durante dois ou três meses até que eles terminem de se desenvolver.

5 – Elefantes

Você já deve ter escutado mais de uma mamãe jurar que adora — ou sente saudades — de estar grávida, não é mesmo? Contudo, elas não diriam isso se tivessem que enfrentar o mesmo processo que os elefantes. O período de gestação pode durar até 23 meses e, além disso, as pobres fêmeas dão a luz a bebezinhos bem grandes, já que os filhotes normalmente pesam mais de 100 quilos.

6 – Tubarões-cobra

E se você acha que 23 meses de gestação é muito tempo, então se prepare para descobrir quanto tempo dura a dos tubarões-cobra! Os embriões desses peixes estranhos crescem aproximadamente 1,5 centímetro ao mês, o que significa que o tempo total de gestação é estimado em três anos e meio.

7 – Polvos

Tecnicamente falando, os polvos não ficam grávidos. No entanto, o processo é bem interessante e, por isso, decidimos incluí-lo na nossa lista. Na verdade, esses moluscos põem ovos, e a “gestação” ocorre depois que os machos inserem cápsulas contendo espermatozoides — os espermatóforos — nas fêmeas através de braços especializados chamados hectocotylus.

As fêmeas, por sua vez, podem armazenar os espermatozoides durante várias semanas até que estejam prontas para fertilizar os cerca de 200 mil óvulos que existem em seus corpos. Depois de fecundados, os ovos são depositados — ou pendurados nas paredes das cavernas ocupadas pelas mamães-polvo — na forma de fileiras ou espécies de ninhos, e as fêmeas permanecem ali, protegendo os futuros filhotes até eles eclodam dos ovos.

Durante esse período, as fêmeas usam seus corpos para fazer a água circular no ninho e, assim, manter os ovos bem oxigenados. Elas ficam todo esse tempo — que pode durar várias semanas — sem se alimentar, e geralmente morrem de fome pouco depois de os polvinhos nascerem.