Há algumas semanas, as fotos de dois leões praticando o que parecia ser mais um caso de homossexualidade animal fizeram sucesso na internet. Porém, é mais provável que se trate, na verdade, de um casal tradicional, ou seja, de um macho e de uma fêmea.

A fêmea em questão mostra uma predisposição genética incomum de possuir uma juba, algo característico dos machos. Essa condição foi particularmente notada no Norte de Botsuana, na África – justamente na região onde a fotógrafa Nicole Cambré fez seus registros. “Eu nunca vi uma interação entre machos como a mostrada nas fotos”, observa a especialista em leão-africano Kathleen Alexander, do Instituto Politécnico Virginia, de Blacksburg, nos EUA.

E Kathleen tem autoridade no assunto: ela estudou os leões de Botsuana por mais de 20 anos. “Eu diria que é mais provável que seja uma leoa com juba”, sacramenta Kathleen. Ainda não se sabe, porém, o que leva algumas fêmeas a possuírem a pelagem: talvez aconteça algo ainda na concepção ou durante a gestação, ou seja, pode ser tanto um problema genético quanto uma disfunção hormonal.

Animal que está embaixo deve ser uma leoa com juba, uma condição incomum observada em Botsuana

***

Você aceita que animais possuam comportamentos homoafetivos? Comente no Fórum do Mega Curioso