Após três anos de buscas malsucedidas, um alemão de 82 anos encontrou a aliança de casamento que havia perdido pouco tempo depois das comemorações de suas bodas de ouro, na cidade de Bad Münstereifel – a cerca de 600 quilômetros de Berlim.

Quando percebeu que havia perdido a joia, o idoso – que preferiu não se identificar – vasculhou todos os cômodos da casa, mas não conseguiu achar nada. Na ocasião, sua esposa chegou a tranquilizá-lo dizendo que, um dia, o anel seria encontrado.

Infelizmente, ela faleceu há seis meses, sem saber o paradeiro da aliança. No entanto, suas palavras de otimismo seriam lembradas e se concretizariam da forma mais inesperada: a joia estava enterrada no quintal, em uma horta de leguminosas que o casal cultivava.

(Reprodução/Mental_Floss)

A descoberta foi feita quando o idoso percebeu que uma das cenouras era muito diferente das outras. Ao olhar mais de perto, ele constatou que o seu estranho formato era decorrente da sua aliança perdida, que havia alterado a configuração do legume.

Em entrevista à emissora de TV WDR, o idoso afirmou: “Para mim, está claro: você colhe aquilo que você planta”.