Na Holanda, vende-se camisinha de maconha, na China, tem-se a camisinha mais fina do mundo e nos Estados Unidos... Bem, se depender de um inventor californiano, a camisinha será substituída por uma espécie de capacete genital.

Charlie Powell afirma ter criado uma nova forma de camisinha que ele tem chamado de “Galactic Cap” (“Capuz Galático", em tradução livre). Em vez de uma camada de látex cobrindo o pênis por completo, a camisinha de Powell tampa apenas o topo do membro. Desse modo, o sêmen é retido sem acabar com a sensibilidade sexual, segundo ele.

Só há um problema: esse método pode até funcionar para impedir a concepção, mas não é tão bom quanto o convencional quando se trata de impedir doenças sexualmente transmissíveis.

Origem da ideia

Motivado por uma competição financiada por Bill Gates — que acredita que mais pessoas se protegeriam se camisinhas fossem mais prazerosas de se usar —, alguns engenheiros estão voltando sua atenção para construir uma camisinha aperfeiçoada.

Após falhar ao tentar ganhar o prêmio em dinheiro da Bill and Melinda Gates Fundation, Power está tentando arrecadar dinheiro através de uma campanha no site de financiamento coletivo IndieGogo, que se iniciará dia 1 de junho.

O “chapéu” é feito de duas parte: um filme adesivo de poliuretano em formato de “U” e um reservatório do tipo “tampão” que é colado ao adesivo. O filme pode ser usado durante horas ou mesmo dias antes do sexo. Você pode tomar banho e até mesmo urinar com ele — apesar de que é pouco provável que você o faça. O reservatório é colocado durante as preliminares.

Muitos contrapontos

Powell se orgulha em dizer que sua “touquinha de peru” permite que a maior parte do pênis do usuário se mantenha descoberta, dando mais prazer durante o sexo. Ainda que a invenção já tenha recebido aprovação da Administração de Comidas e Drogas dos Estados Unidos (FDA), é válido mencionar que essa camisinha alternativa falha exatamente no ponto pelo qual as pessoas usam preservativos.

Camisinhas convencionais cobrem todo o pênis porque a maioria das infecções sexualmente transmissíveis se espalham pelo contato entre a pele. Isso inclui verrugas genitais, herpes genital, HPV, sífilis e molusco contagioso.

YouTube

Além do mais, ainda que a AIDS é seja geralmente transmitida pelo sêmen, ela também é passada de pessoa para pessoa através do sangue. Sexo anal envolve fricção mais “bruta”, de ambas as partes, o que pode levar ao sangramento.

Ainda que o Galactic Cap tenha um nome sonoro — e traga consigo a possibilidade de múltiplos trocadilhos divertidos —, é uma invenção que dificilmente será capaz de vencer a camisinha original.