Você não precisa ser um aracnofóbico de carteirinha para saber que a aranha viúva-negra é uma criaturinha da qual é melhor ficar longe – bem longe, de preferência.

Esse tipo de aranha pode ser encontrado em todos os continentes do planeta, exceto na Antártida, e ela é um bichinho bem venenoso, que faz com que sua vítima sinta muita dor depois de uma picada, que tem efeitos duradouros.

Só para você ter ideia, o veneno da viúva-negra é considerado 15 vezes mais forte que o de uma cascavel. Apenas as fêmeas podem atacar seres humanos e, em um primeiro momento, a picada pode parecer como a de algum mosquitinho chato.

O problema é que, depois de uns 15 minutos, a vítima começa a sentir os primeiros efeitos sérios, que são câimbras realmente doloridas que aparecem justamente porque, aos poucos, o veneno afeta o sistema nervoso e aí o que se segue é uma agonia nova a cada hora.

Terror

sentindo dor

A primeira hora de angústia e sofrimento começa afetando a musculatura dos ombros, das costas e das coxas. Nessas regiões, a vítima começa a sentir fortes dores e espasmos, já que os neurotransmissores do corpo foram afetados fortemente pelo veneno.

A partir daí, nas duas horas seguintes, a dor começa a ficar realmente mais forte, fazendo com que a vítima fique com o abdome rígido. Isso acontece porque a toxina do veneno dessa aranha perigosa pode paralisar e até mesmo destruir as terminações nervosas do seu pobre corpinho.

Achou ruim? Então espere que piora. Depois da terceira hora do ataque e seguindo até a 12ª hora, temos novos sintomas: a pessoa começa a transpirar muito, fica ofegante, a pulsação fica mais fraca e as dores aumentam. Em alguns casos, a vítima pode ter delírios também, e se estivermos falando de uma mulher grávida que tenha sido picada, é bem possível que ela acabe entrando em trabalho de parto.

O horror! O horror!

aranha

A dor é tão forte que o tratamento costuma ser feito com morfina. Outros medicamentos podem ser recomendados, especialmente se a vítima começar a convulsionar.

Depois da 12ª hora e até a 24ª, a dor finalmente começa a diminuir, e a maioria dos pacientes se recupera dentro de, no máximo, cinco dias. Ainda assim, os espasmos musculares, que vêm seguidos de sensação de fraqueza, chegam a durar por meses.

Em adultos saudáveis o veneno da viúva-negra não costuma ser fatal, mas é fundamental que se busque ajuda médica em caso de ataque.