Os pesquisadores Elliot W. Hawkes, Laura H. Blumenschein, Joseph D. Greer e Allison M. Okamura, das Universidades da Califórnia, Santa Bárbara e Stanford, criaram um robô flexível, que se desenvolve imitando o crescimento de uma planta trepadeira em busca de luz solar.

Seu corpo é feito de plástico maleável, que se expande através da inflação realizada por uma bomba de ar movida a bateria. A partir de sua base, com um invólucro de 2 centímetros e meio, o robô pode se estender até 72 metros, fazendo movimentos de acordo com o terreno para alcançar determinado alvo. Dependendo da pressão exercida, ele pode passar por entre frestas de paredes, escalar muros e acionar botões.

Objetivo

Com o robô flexível, os pesquisadores buscam solucionar problemas de acesso a lugares onde humanos, robôs que imitam os movimentos de humanos e animais não conseguem chegar.

Ele pode carregar uma câmera ou carga qualquer, presa em sua extremidade, que saltará para fora de seu corpo quando se desenrolar por completo. Isso seria útil em situações de resgate em escombros, por exemplo, já que ele pode ser usado para bombear ar ou levar água para uma pessoa que esteja presa. Em alguns casos, pode até mesmo soltar uma perna ou um braço, pois é capaz de erguer até 68 quilos. Com uma versão miniaturizada, ele pode ser utilizado em cirurgias.

A equipe de pesquisadores possui vários testes a serem realizados, podendo explorar muitas possibilidades e substituir o material do robô por algo mais resistente, como nylon ou kevlar.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Cientistas criam robô que cresce imitando o movimento das plantas via TecMundo