O rover Curiosity da NASA teve um problema no seu sistema de orientação que impediu que a sonda continuasse a se mover pela superfície de Marte. A falha está sendo analisada por uma equipe responsável, que informou que o rover ficará parado no local até que tudo seja normalizado.

De acordo com a NASA, para que a Curiosity possa se locomover, ela depende de um sistema de orientação espacial, que permite que a sonda reconheça cada parte do seu corpo no ambiente onde ela está. É um mecanismo semelhante à maneira como os humanos utilizam para se locomover. “Sabemos se estamos de pé ou sentados, se nossos braços estão abertos ou não. Essa consciência corporal é essencial para nos mantermos seguros”, explicou a agência espacial, através de uma nota.

Com a sonda, o processo é semelhante. A Curiosity consegue avaliar informações como a orientação de cada articulação ou se a extremidade de seu braço está apontando para baixo ou para cima. Além disso, ela precisa compreender o ambiente ao seu redor, como inclinação do terreno, ou se existem rochas por perto.

Somente após analisar cada um destes detalhes, seus motores começam a funcionar para que a sonda possa se movimentar em Marte. Caso o sistema de orientação tenha alguma resposta negativa — ou que gere alguma dúvida sobre o ambiente — a Curiosity não inicia um movimento. Isso impede que a sonda bata em alguma rocha com seus braços ou aponte uma câmera desprotegida para o sol, garantindo a sobrevivência do rover, que ano passado completou sete anos no planeta vermelho.

Parte da equipe do Mars Science Laboratory Project da NASA, que opera o rover Curiosity em Marte
Parte da equipe do Mars Science Laboratory Project da NASA, que opera o rover Curiosity em Marte (Fonte: NASA/Divulgação)

Apesar disso, a Curiosity segue enviando dados para a NASA, que avalia o que afetou a sonda. A equipe responsável está trabalhando para que o rover recupere sua capacidade de avaliar o ambiente. Eles também pretendem verificar o que poderá ser feito para que outros problemas como este não se repitam no futuro.

Atualmente, a NASA mantém vários equipamentos em Marte ou em órbita do planeta, mas a Curiosity é o único veículo móvel em atividade. A agência pretende enviar uma nova sonda, a Mars 2020, em julho deste ano, mas sem desativar a Curiosity.

NASA informa que a sonda Curiosity está temporariamente inoperante via TecMundo