Refilmagem do clássico da Disney de 1977, a nova versão do filme “Meu Amigo, o Dragão” chega aos cinemas do Brasil na quinta-feira, 29 de setembro. A história sobre um garoto órfão e seu melhor amigo – Elliot, o dragão – é dirigida por David Lowery e estrelada por Bryce Dallas Howard, Oakes Fegley, Wes Bentley, Oona Laurence e Robert Redford, além do neozelandês Karl Urban.

A Nova Zelândia é o cenário oficial do filme. As gravações aconteceram nas duas ilhas principais do país – a Norte e a Sul – e mostram diversas paisagens. Os fãs do filme que quiserem visitar os locais utilizados nas gravações poderão explorar o país e criar a sua própria aventura. Veja o roteiro completo abaixo:

Rotorua, na Ilha Norte

Localizada em Rotorua , pequena cidade da Ilha Norte da Nova Zelândia, a Redwoods Forest é onde o dragão Elliot mora. Local onde ele e o menino Pete se encontram pela primeira vez. Na floresta, destacam-se o bosque de enormes sequoias com mais de 60 metros de altura, além de ótimas trilhas para quem gosta de fazer caminhadas ou passeios de bicicleta.

Para observar a floresta como se fosse o dragão, a passarela TreeWalk com 553 metros de extensão, chega a 12 metros de altura em seu ponto mais alto. Inaugurada recentemente, ela interliga 22 árvores e oferece um jeito novo de explorar a floresta.

Wellington, a capital da Nova Zelândia

A cidade de Wellington , capital da Nova Zelândia, é famosa por sua produção cinematográfica e pelo estúdio de pós-produção Weta Workshop. O local teve um papel essencial na criação do filme da Disney “Meu Amigo, o Dragão”. Nos tours guiados, os cinéfilos poderão ver em primeira mão como alguns dos efeitos especiais do filme foram criados.

A apenas trinta minutos de Wellington, o parque de Battle Hill Farm foi utilizado na cena em que o menino Pete salta de um penhasco e aterrissa nas costas de Elliot. O parque conta com trilhas para ciclistas e pistas de mountain bike.

Queenstown e Paradise, dois verdadeiros paraísos

Queenstown , na Ilha Sul, é um dos destinos favoritos dos turistas que visitam a Nova Zelândia – e que lugar seria mais interessante e variado para gravar um filme que a capital mundial da aventura? Localizada à beira do lago Wakatipu e aos pés da cordilheira “The Remarkables”, Queenstown é de uma beleza cênica, digna do cinema.

É também o local perfeito para voar em um dragão. Assim como Pete faz no filme, você também poderá saltar de um penhasco com a empresa AJ Hackett Bungy, responsável pela primeira operação comercial de bungee jumping do mundo.

Não muito longe de Queenstown, ao norte do lago Wakatipu, fica Glenorchy e a entrada de Paradise. Como diz o nome, o local é um verdadeiro paraíso. Por ali, percorra um dos trajetos mais interessantes da Nova Zelândia a bordo de um jet boat no Rio Dart. Durante o passeio, o barco chega a 85 quilômetros por hora.

Tapanui, na Ilha Sul

A pequena cidade de Tapanui (com cerca de novecentos habitantes), na região de Otago (Ilha Sul), foi transformada pela Disney em uma típica cidade norte-americana, chamada Millhaven. Na vida real, Tapanui é famosa pela pesca nos rios lotados de truta e salmão.

Se você não gosta de pesca, basta pegar uma bicicleta e partir para a trilha Clutha Gold, um dos melhores passeios de ciclismo da Nova Zelândia. Esse percurso de 72 quilômetros ao longo de um dos maiores rios do país passa por paisagens incríveis.

Via assessoria