1. Mia Farrow

Muitos atores dirigidos por Woody Allen conseguem ao menos uma indicação ao Oscar, mas esse não foi o caso de Mia Farrow, com quem Allen inclusive foi casado. Mia Farrow participou de 13 filmes do diretor, mas, mesmo assim, nunca foi indicada ao prêmio máximo do cinema. Nem mesmo o clássico “O Bebê de Rosemary”, de Roman Polanski, foi capaz de render uma nomeação para a atriz.

2. Ewan McGregor

McGregor ganhou o mundo em 1996 com o cultuado “Trainspotting”, mas a Academia ainda não se rendeu ao seu talento. E olha que no seu currículo estão filmes como “Impossível”, “Peixe Grande”, “Moulin Rouge!” e “Velvet Goldmine”. O ator escocês inclusive participou dos episódios 1 a 3 de “Star Wars”, mas sua indicação ao Oscar ainda não aconteceu.

3. John Goodman

Outro brilhante ator que nunca foi reconhecido pelo Oscar, Goodman participou de filmes queridinhos da Academia, como “Argo” e “O Artista”. Ele também trabalhou em várias produções dos irmãos Cohen, que sempre agradam a crítica. Ao menos ele tem um Globo de Ouro e um Emmy para se contentar, mas ambos por papéis em seriados televisivos.

4. Donald Sutherland

Antes de ser o vilão em “Jogos Vorazes”, Sutherland participou de vários filmes cultuados desde os anos 60, como “M.A.S.H.”, “Os Doze Condenados”, “Klute – O Passado Condena” e “Gente Como a Gente”. Seu filho Kiefer Sutherland, que estrelou a série “24 Horas”, também nunca foi nomeado ao Oscar.

5. Cameron Diaz

A ex-modelo estreou nos cinemas em “O Máskara”, em 1994, mas de lá pra cá já trabalhou com diretores cultuados. Mesmo assim, não ganhou nenhuma indicaçãozinha sequer. Ela participou de “Gangues de Nova York”, de Martin Scorsese, “Vanilla Sky”, de Cameron Crowe, “Quero Ser John Malkovich”, de Spike Jonze, mas ainda luta para ter seu nome no hall da fama dos indicados aos Oscar.

6. Steve Martin

O comediante atuou em filmes bastante elogiados, como “Roxanne”, “O Pai da Noiva” e “O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra” – todos lhe renderam indicação ao Globo de Ouro. Nem filmes mais dramáticos, como “Novocaine”, foram capazes de o colocar na cadeira do Oscar – e olha que atores de comédia contemporâneos a Martin, como Dan Aykroyd e Bill Murray, já descolaram uma indicação.

7. Hugh Grant

O galã de “Quatro Casamentos e Um Funeral”, filme indicado a 2 Oscars, nunca conseguiu uma nomeação. Além de se especializar em comédias românticas, ele já demonstrou seu talento dramático em produções como “Razão e Sensibilidade” e “Medidas Extremas”. Ele pode sair desta lista no ano que vem, já que é um dos favoritos a ganhar o prêmio de melhor ator coadjuvante por seu papel em “Florence: Quem é Essa Mulher?”

8. Steve Buscemi

O eterno coadjuvante já roubou a cena diversas vezes, como em “Fargo”, “O Grande Lebowski”, “Barton Fink – Delírios de Hollywood” e “Cães de Aluguel”. Apesar disso, nunca foi indicado pela Academia. Será que essa zica vai acabar algum dia? Esperamos que sim!

9. Meg Ryan

Só a cena do orgasmo no restaurante em “Harry e Sally – Feitos Um Para o Outro” deveria ter sido o suficiente para indicá-la ao Oscar, mas isso não aconteceu. Ela também não foi reconhecida por “Sintonia de Amor”, nem por “Cidade dos Anjos”. Nos últimos anos, Meg não fez quase nada relevante – torçamos para que a queridinha das comédias românticas ainda conquiste seu lugar ao sol.

10. Jim Carrey

Convenhamos, ser um ator de comédia parece complicar a vida de quem almeja uma indicação ao Oscar. Jim Carrey estrelou bobagens deliciosas como “O Máskara”, “Ace Ventura” e “Débi e Lóide”, mas arrasou em filmes como “O Show de Truman”, “Cine Majestic”, “O Mundo de Andy” e “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças”. Será que é pirraça da Academia?