1 – Dores de cabeça

Fonte: Giphy

Se você é do tipo que já tem aquele remedinho para dor de cabeça na mesa do trabalho, no bolso da jaqueta ou na carteira; se percebe que vive com dor de cabeça e que toma remédios para isso todos os dias, a culpa disso tudo pode ser do estresse. Na dúvida, é sempre bom procurar ajuda médica.

2 – Cansaço constante

Fonte: Giphy

Ainda que o estresse pareça mais nos deixar com os nervos à flor da pele, e, de fato, é exatamente isso o que acontece, a verdade é que o estresse é também um grande sugador de energia. Aí o cansaço chega e não tem hora para ir embora. Se você é do tipo que vive cansado, mesmo quando não está no trabalho ou já está em casa sem muito o que fazer, já sabe, né? Pode ser culpa do estresse.

3 – Dores nas costas

Fonte: Giphy

O estresse deixa nossos músculos tensionados por mais tempo, especialmente na região do pescoço e das costas, então não é raro que pessoas estressadas sintam dores nas costas com certa frequência.

4 – Náusea

Fonte: Giphy

Seu lado emocional e seu sistema digestivo têm uma relação bastante íntima, e quando você está estressado, é comum sentir enjoos, dores de estômago e até mesmo a sensação de frio na barriga. Fique esperto!

5 – Resfriados constantes

Fonte: Giphy

Parece demais, né, mas a verdade é que até mesmo o seu sistema imunológico pode deixar de funcionar adequadamente graças ao estresse, esse danado. Uma vez que o ele seja reduzido, é bem possível que seu sistema imunológico trabalhe melhor e você não viva resfriado.

6 – Transpiração em excesso

Fonte: Giphy

Já reparou que, quando você está nervoso, tende a suar mais? É só imaginar uma situação de alto estresse, como quando um palestrante sem muita experiência está prestes a falar para um auditório lotado de pessoas – é batata: certeza que o suor vai se manifestar. O problema é quando isso começa a ser frequente e você passa a suar sempre: pode ser um grande indicativo de estresse em seu ambiente de trabalho, hein!

7 – Perda do apetite sexual

Fonte: Giphy

Há muitas razões pelas quais perdemos a vontade de fazer sexo, e, caso você não saiba, o estresse é uma delas. Remover fontes de estresse no ambiente de trabalho ou de estudo, por exemplo, pode ser um jeito bem prático de fazer com que seu desejo sexual volte a existir e a proporcionar bons momentos.

***

Você acha que apresenta esses sintomas? Vale sempre lembrar: se a presença de algum deles for constante e estiver prejudicando sua vida de maneira intensa demais, talvez o melhor seja procurar ajuda médica.