Se você ficou espantado com a revelação de que o Ursinho Pooh é, na verdade, uma fêmea, prepare o seu coração, pois as surpresas não acabaram. Completando 76 anos, revelamos uma bomba sobre a risada do Pica-Pau: ela é do Happy Rabbit, personagem que, posteriormente, seria chamado de Pernalonga. Não entendeu nada? Confira algumas curiosidades sobre a animação:

1. O criador do Pica-Pau é Walter Lantz. Nascido em 1899, Lantz começou a ter aulas de desenho aos 12 anos, mas seu primeiro emprego foi como mecânico.  Sua sorte mudou quando, em 1928, ele foi contratado para dirigir o desenho “Oswald, o Coelho Sortudo”, aquele mesmo que o executivo do estúdio Universal Pictures tirou de Walt Disney. 

2. Quando Walt Disney recuperou os direitos de Oswald, Lantz precisava de um novo personagem para trabalhar, e o escolhido foi “Andy Panda”.

3. Em 1940, Lantz se casou com Grace Stafford e, durante a lua de mel, o casal escutou diariamente um pica-pau no telhado. Grace então sugeriu que Lantz criasse um personagem inspirado no animal. Como teste, Lantz criou o curta-metragem “Knock Knock”, no Brasil traduzido como “O Pica-Pau ataca novamente”, que trazia Andy Panda e seu pai, Papa Panda, como protagonistas.

4. Nos primeiros desenhos, o Pica-Pau tinha uma aparência de “pássaro louco”. Mas, ao longo dos anos, seu visual mudou bastante.

5. O primeiro dublador do personagem foi Mel Blanc, também responsável por grande parte das vozes dos personagens da Looney Tunes, como o Gaguinho, o Patolino e o Pernalonga. Inclusive, a risada, tão característica do Pica-Pau, apareceu primeiro em um episódio do Happy Rabbit, que posteriormente se tornaria o famoso Pernalonga.

6. Depois de dublar apenas três episódios, Blanc assinou um contrato com a Warner Bros. e deixou o estúdio de Lantz. Sem ninguém que conseguisse reproduzir a risada, partes da dublagem feita por Blanc continuaram a ser usadas nos episódios. Até que, em 1948, o estúdio de Walter Lantz recebeu uma indicação ao Oscar pela canção “The Woody Woodpecker Song”, presente no episódio “Apólice Cobertor”. Como em outros desenhos, este também tinha a voz de Mel Blanc, que processou Lantz e pediu meio milhão de dólares. O juiz, afirmando que Blanc não havia registrado a voz, ficou do lado de Lantz, que depois do ocorrido precisou encontrar outra voz para o personagem. 

Em toda sua carreira, Mel Blanc deu voz a inúmeros personagens famosos

7. No filme “Looney Tunes: de volta à ação” há uma cena, presente apenas nos extras do DVD, que mostra o Pernalonga sendo atingido pelo raio do diamante “Macaco Azul” e voltando a sua forma primitiva, o coelho Happy Rabbit. Na sequência, ele dá por duas vezes a famosa risada.

8. Grace, esposa de Lantz, se ofereceu para dublar o Pica-Pau, mas Lantz não aceitou, já que o personagem é masculino. Secretamente, Grace gravou uma fita e mandou para a equipe do estúdio. Sem saber de quem se tratava, Lantz aprovou o novo dublador. Grace passou a interpretar a voz do Pica-Pau, mas pediu para que seu nome não aparecesse nos créditos, para que as crianças não soubessem que o personagem era feito por uma mulher.

9. Pica-Pau foi o primeiro desenho animado a ser exibido na TV Brasileira. No ar pela TV Tupi, a partir de 19 de setembro de 1950, a animação teve que ser legendada, já que a dublagem em português só seria feita 7 anos mais tarde.

10. Seus dubladores no Brasil foram Olney Cazarré, Garcia Júnior, Marco Antônio Costa e Peterson Adriano.

11. Se aqui nós o conhecemos apenas como Pica-Pau, nos Estados Unidos ele tem nome: Woody.

12. Durante a abertura do desenho, o personagem usa o bordão “Guess Who”, que significa “Adivinhe quem é” em português.

13. Assim como Mickey Mouse, o Pica-Pau é um dos poucos desenhos animados que possuem uma estrela na Calçada da Fama.

14. Nunca ficou clara qual é a verdadeira espécie do Pica-Pau, mas se acredita que ele possa ser uma mistura do Pileated Woodpecker com o Red-headed Woodpecker.

15. Wendy era uma criança fã de Pica-Pau e, por isso, resolveu escrever uma carta para o seu criador, solicitando um autógrafo. Porém, ela acabou enviando a correspondência a Walt Disney. Muito atencioso, Walt fez questão de responder à pequena, explicando a situação. Além de enviar uma foto sua com Mickey Mouse, Walt entrou em contato com Lantz para garantir que ele recebesse o pedido da garotinha.

16. O estúdio de Lantz, responsável pela animação, encerrou suas atividades em 1972. 

17. Em 1982, Lantz doou vários materiais para o Museu Nacional de História dos Estados Unidos, inclusive um modelo de madeira utilizado na estreia da animação.