Na década de 50, o genial Isaac Asimov escreveu o livro “Eu, Robô”, que tem as famosas leis da robótica. A primeira delas diz que um robô não pode ser feito para permitir que um ser humano sofra algum mal; a segunda diz que os robôs precisam obedecer as ordens humanas, exceto quando essas ordens entrarem em conflito com a primeira lei; a terceira lei diz que um robô deve proteger sua própria existência, desde que não entre em conflito com as leis anteriores.

Ao criar essas leis, Asimov queria garantir harmonia em um mundo onde seres humanos e robôs existissem em paz, sem conflitos. Uma coisa curiosa sobre Asimov é o fato de que, muito antes de termos internet e uma tecnologia tão avançada como a que temos hoje, ele fez algumas previsões bizarras e acertou algumas delas. Agora, suas leis fazem cada vez mais sentido e deixam pessoas alarmadas em todos os cantos do mundo – para entender melhor sobre o que estamos falando, aperte o play e se divirta com a nossa animação da semana.

Se gostou do trabalho dos nossos simpáticos Tips no vídeo de hoje, aproveite e conheça o canal do Mega Curioso no YouTube – nós temos vídeos incríveis lá e estamos sempre trabalhando para produzir conteúdos divertidos e informativos. Aproveite e se inscreva!