Arnold Putra, jovem influenciador digital e fashion designer de 26 anos da Indonésia, esteve em destaque nesta semana por uma peça que criou há cerca de quatro anos. A bolsa, cujo corpo é composto por línguas de jacaré e alça por uma coluna vertebral humana inteira, chocou muitas pessoas ao viralizar e recebeu um bombardeio de comentários negativos.

Bolsa da coleção AmitayusBolsa da coleção Amitayus

A peça única está à venda por US$ 5 mil, cerca de R$ 26,5 mil, e esta é a primeira vez que ela é amplamente criticada desde sua concepção, lançamento e divulgação em 2016, na cidade de Los Angeles. Inclusive, ela faz parte de uma coleção que contém outros itens polêmicos, como uma jaqueta de couro com costelas humanas "anexadas artesanalmente", segundo descrição da página By Arnold Putra no Instagram, com tiragem limitada de dez peças.

A mesma página descreve a bolsa como feita "com a coluna vertebral inteira de uma criança que teve osteoporose."  O influenciador e designer alegou que não é responsável por tal página, apenas contribuiu com seu conteúdo no passado, e se recusou a confirmar ou negar se a parte humana é mesmo de uma criança. Arnold Putra limitou-se a afirmar que conseguiu a coluna de forma ética, como excedente médico de uma fonte no Canadá.

Apesar da página pessoal do jovem não conter informações sobre as peças da coleção Amitayus, a página "alheia" mencionada contém diversas imagens de cada uma além das descrições, e parece ter sido criada no intento de ser um portfolio detalhado da obra de Putra.

Entre profissionais da medicina consultados, não há consenso se a coluna de fato pertenceu a uma criança. De qualquer modo, muitas pessoas acreditaram na informação duvidosa fornecida na página By Arnold Putra e se manifestaram tanto nos comentários, que fizeram as publicações viralizarem.

A usuária Jacqueline Engelbrecht, por exemplo, comentou: "Que desrespeito à morte de uma criança. Sem mencionar os jacarés. Isto não é arte, nem moda."