A NASA, agência espacial norte-americana, acaba de divulgar a notícia de que a sonda Cassini teria encontrado propileno – um elemento químico vastamente utilizado na fabricação de sacolas, embalagens e até mesmo algumas peças para veículos – em Titã, que é o maior satélite natural de Saturno.

Os cientistas informam que esta é a primeira vez em que é detectado um ingrediente plástico fora da Terra. De acordo com o relatório publicado ontem (30) no periódico Astrophysical Journal Letters, uma pequena quantidade da substância foi encontrada na baixa atmosfera de Titã a partir da leitura do espectrômetro infravermelho instalado na sonda Cassini.

Para identificar o elemento, os pesquisadores isolaram o material em diferentes altitudes na baixa atmosfera e concluíram, através do registro térmico, que realmente a amostra encontrada corresponde ao propileno.

Outras sondas enviadas ao espaço já haviam encontrado gases existentes na atmosfera de Titã, como matérias-primas que compõem o petróleo e outros combustíveis fósseis da Terra, por exemplo. Essa nova descoberta certamente nos mostra que existe um rico caminho de investigações a ser feito pelo satélite.