Há quem diga que a beleza depende muito do olhar. Pois nada melhor do que conhecer algumas das regiões e paisagens mais belas do nosso planeta através de perspectivas e ângulos privilegiados que certamente vão fazer você perder a respiração.

A coleção de 20 imagens de lugares inacreditáveis, pelo seu encanto e deslumbramento, revela também locais pouco conhecidos, mas que fascinam pelas imagens que produzem e pelas peculiaridades de suas composições.

1. Campos de tulipas, Holanda

A Holanda é famosa por seus campos de cultivo de tulipas que florescem todos os anos na primavera e produzem um espetáculo de cores. A melhor época para apreciar a beleza dessas flores é entre março e maio.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: bruxelles5O parque Keukenhof, localizado no sul da Holanda e conhecido como o maior jardim do mundo, abre somente nesse período e é um excelente local para ver as cores das tulipas e de outras espécies de flores.

2. Túnel do Amor, Ucrânia

Localizado a 350 quilômetros de Kiev, capital da Ucrânia, na pequena cidade de Klevan, o “Túnel do Amor” é um trecho de 3 quilômetros de extensão de uma linha ferroviária desativada que foi tomada pela vegetação.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: Oleg GordienkoO lugar é considerado muito romântico por casais que o descrevem como um cenário típico de conto de fadas. Ironicamente, o trecho foi o local de um violento ataque de tropas alemãs contra um trem russo durante a Segunda Guerra Mundial.

3. Salar de Uyuni, Bolívia

O maior deserto de sal do mundo está localizado no sudoeste da Bolívia. O Salar de Uyuni tem uma superfície de 12.000 km² e estima-se que contenha 10 bilhões de toneladas de sal.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: dadi360

Além da atividade de extração de sal, o local é um dos principais destinos dos turistas na Bolívia. Anualmente, cerca de 60 mil turistas visitam o deserto e a ilha do Pescado, um monte elevado de terra cercado pela superfície de sal do Salar de Uyuni.

4. Hitachi Seaside Park, Japão

Localizado na cidade de Hitachinaka, na costa leste do Japão, o parque de flores Hitachi Seaside Park abriga várias espécies que produzem paisagens diferentes a cada estação do ano.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: nipomen2

As nemophilas azuis florescem na primavera e produzem belos tapetes de cor azulada em uma grande extensão do parque. Ainda mais deslumbrante é a kochia, uma espécie de arbusto que muda de cor ao longo do ano e fica com um incrível tom de vermelho durante o outono.

5. Caverna de gelo em Mendenhall, Alasca (EUA)

Localizada no Vale de Mendenhall, a 19 km do centro de Juneau, na região sudeste do Alasca, nos Estados Unidos, a geleira de Mendenhall abriga uma enorme caverna de gelo que recebe milhares de visitantes anualmente.

Fonte da imagem: Reprodução/Lugares FantásticosAs paredes feitas de gelo da caverna, ao receber a luz solar do exterior, produzem uma incrível e reluzente cor azul no seu interior. O local é bastante frequentando por turistas de embarcações e cruzeiros. Cerca de 500 mil turistas passam pela geleira de Mendenhall a cada ano.

6. Floresta de Bambu, Japão

Uma pequena floresta feita de bambu perto da ciade de Kyoto, no Japão, oferece um passeio agradável junto à natureza e em cenário de beleza tipicamente japonês.

Fonte da imagem: Reprodução/Mentes Imundas e Belas

A Sagano Bamboo Forest tem uma área de aproximadamente 16 km² e produz sons e imagens incríveis pela movimentação dos bambus ao vento e com o contraste de luz e sombras pelas entradas da floresta.

7. Túnel Cherry Blossom, Alemanha

Localizado na cidade de Bonn, na Alemanha, a rua das flores produz um inigualável túnel de cerejeiras em flor durante a primavera.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: Marcel Bednarz

A rua está em uma região tranquila e pouco movimentada da cidade e por três semanas no ano fica completamente colorida com as cerejeiras floridas.

8. Praia Vermelha, China

Devido a um processo natural das algas marinhas costeiras na província chinesa de Liaoning, no nordeste do país, o fenômeno conhecido como Praia Vermelha produz uma coloração avermelhada nas águas do Mar Amarelo.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: MJiAEssa espécie de alga começa a crescer na primavera e se mantém verde durante todo o verão. Quando chega o outono, essas algas começam a morrer e transformam toda a paisagem. Considerada área de preservação, a maior parte da praia vermelha é fechada ao público, que pode apreciar apenas uma pequena área aberta à visitação.

9. Túnel de glicínias no jardim de Kawachi Fuji, Japão

Localizado na cidade de Kitakyushu, no Japão, o jardim de Kawachi Fuji abriga cerca de 150 pés de glicínias chinesas (Wisteria sp.), também conhecida como flor-da-ternura, em 20 diferentes espécies.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: mindphoto.blog.fc2.comO jardim apresenta um túnel com glicínias suspensas através do qual os visitantes podem caminhar em um passeio de incrível coloração e perfume.

10. Floresta Negra, Alemanha

Localizada em uma cordilheira arborizada, no estado de Baden-Württemberg ao longo do rio Reno, no Sudoeste da Alemanha, a Floresta Negra ocupa uma área de 200 km de norte a sul e 80 km de leste a oeste.

Fonte da imagem: Reprodução/lecturas.orgLocal de inspiração de muitos contos dos irmãos Grimm, a Floresta Negra é tão densa que a luz do sol raramente passa entre as copas das árvores, criando um cenário ideal para fábulas de personagens como lobisomens, bruxas e gnomos.

11. Caverna Son Doong, Vietnã

Considerada a maior caverna do mundo, a Son Doong está localizada no Vietnã perto da fronteira do Laos. O conjunto natural não foi explorado completamente até hoje e os desbravadores continuam procurando o seu fim.

Fonte da imagem: Reprodução/AutoPlanet

Duas enormes cavidades da caverna fazem parte do Parque Nacional de Phong Nha-Kẻ Bàng, declarado patrimônio da humanidade pela Unesco em 2003. Uma delas tem 200 metros de altura e 150 metros de largura, e a outra possui 150 metros de altura e 130 metros de largura.

12. Monte Tianzi, China

Localizado a oeste na província de Hunan, na China, o Monte Tianzi fica 1.262 metros acima do nível do mar. Visitantes podem utilizar o teleférico para ver o conjunto de picos a até 2 mil metros de altura.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: Richard Janecki

As montanhas do Zhangjiajie National Forest Park lembram muito as imagens das ilhas flutuantes vistas no filme “Avatar”, tanto que um dos pilares do parque em Hunan foi rebatizado para “Avatar Hallelujah Mountain”.

13. Antelope Canyon, EUA

Localizado nas terras da nação navaja do norte do estado do Arizona, nos Estados Unidos, o Antelope é o cânion estreito mais visitado do sudoeste americano.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: CSMphotography

Sua formação geológica é resultado da passagem de correntes de água ao longo de milhares de anos. Por ter riscos de inundações instantâneas, as visitações só podem ser feitas com o acompanhamento de um guia.

14. Campos rosados de Takinoue, Japão

Na cidade de Takinoue, no Japão, o festival Shibazakura celebra os campos e colinas rosados pelas flores da espécie Phlox subulata.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: kimi-tourguide.blogspot.com

O parque da cidade fica coberto de flores e encanta os visitantes, que podem passear pelas trilhas entre as plantas. As flores abrem ao mesmo tempo, no mês de maio, produzindo uma paisagem de incrível tonalidade.

15. Lago Hillier, Austrália

O Lago Hillier está localizado em Middle Island, a maior ilha do arquipélago de Recherche, na Austrália.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons:Ockert Le Roux

A peculiaridade do lago é que sua água é permanentemente cor-de-rosa, mesmo se você retirar um pouco da água em um recipiente. O Hillier tem cerca de 600 metros de comprimento, e uma pequena faixa de areia e vegetação separa o lago do Oceano Atlântico.

16. Campos de lavanda, França e Reino Unido

Os campos de lavanda localizados na França e no Reino Unido produzem uma das mais belas paisagens naturais do mundo.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: Antony Spencer Na França, os roteiros de Provença, ao sul do país, incluem passeios pelas plantações de lavanda. Além da beleza, a planta produz um perfume fresco e agradável. A época recomendada para visitar os campos nesses países é entre junho e julho, quando as plantas florescem.

17. Monte Roraima, América do Sul

Localizado na tríplice fronteira entre o Brasil, a Venezuela e a Guiana, o Monte Roraima é a montanha mais alta da Serra de Pacaraíma, a 2.810 metros de altitude.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: Uwe GeorgeO monte se apresenta como um platô (em formato de mesa), formação característica do Planalto das Guianas. O Parque Nacional do Monte Roraima foi criado por José Sarney em 1989. Do lado venezuelano, o Parque Nacional Canaima, com aproximadamente 4 milhões de hectares, é considerado o maior Parque Nacional da América Latina.

18. Floração da colza, China

Todos os anos, em meados do mês de março, a cidade de Huangshan, no leste da China, apresenta um espetáculo visual pela floração da colza.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: + Lanzi

A colza ou couve-nabiça (Brassica napus) é uma planta de cujas sementes se extrai o azeite de colza, utilizado também na produção de biodiesel, além de ser utilizado também como forragem para o gado.

19. Parque Geológico de Zhangye Danxia, China

As montanhas naturalmente coloridas da província de Gansu, no norte da China, produzem um inacreditável cenário, resultado de milhões de anos de composição.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: unbelievableinfo.blogspot.it

O processo natural consiste no depósito sucessivo de diferentes materiais de sedimentos e minerais durante a formação das rochas. O local está atraindo cada vez mais turistas que querem ver de perto esta deslumbrante paisagem.

20. Lago Retba, Senegal

O Lago Retba, situado a nordeste do Senegal, é popularmente conhecido como Lago Rosa devido à coloração produzida por algas que vivem em suas águas.

Fonte da imagem: Reprodução/Creative Commons: BuzzFeed

O lago apresenta uma alta concentração de sal, o que facilita flutuar nele, assim como no Mar Morto. Além disso, essa característica salina é o que dá também condições de vida para a microalga que produz a pigmentação rosada na água.