Toda criança passa pela fase de ter um amiguinho imaginário. Questionados por um usuário do Reddit, vários pais responderam à pergunta: "Qual foi a coisa mais perturbadora que seu filho disse ao falar sobre seu 'amigo imaginário'?".

Entre os diversos comentários assustadores, selecionamos algumas histórias que deixariam qualquer adulto de cabelo em pé. Confira!

1. A garota morta no guarda-roupa (usuário: BrownXCoat)

O usuário BrownXCoat contou que sua filha tinha uma amiga imaginária chamada Kelly e que ela morava dentro de seu guarda-roupa. Depois de uns dois anos, ele e sua esposa estavam assistindo ao filme "Horror em Amityville" quando apareceu uma garotinha morta de olhos negros. Nesse momento, sua filha entrou na sala e disse sem se assustar: "Ela se parece com a Kelly, a garota morta que vivia no meu guarda-roupa". Medo!

2. Visita familiar do além (usuário: nomoslowmoyohomo)

Outro usuário compartilhou a história de seu irmão menor. O caçula contava que uma mulher o visitava à noite e cantava para ele. Segundo a criança, o nome da mulher era Frannie e ela usava um vestido vermelho. Conta o usuário que, anos antes de o irmão nascer, uma parente que se chamava Frannie e adorava a cor vermelha faleceu. Ao mostrar a foto dela para o caçula, ele afirmou com certeza: era ela a visitante noturna.

3. O Capitão do mal (usuário:  MidnightXII)

Calcule o desespero de uma mãe que ouve do filho a seguinte história: a criança de 7 anos de idade conta sobre um fantasma que se chamava Capitão. Ele dizia que, quando o menino crescesse, seu trabalho seria matar pessoas e que o próprio Capitão diria quem precisava ser morto. A criança chorava, mas o fantasma dizia que não tinha problema, que com o tempo ele iria se acostumar a matar os outros.

4. Roger e seus nove filhos (usuário: ritzcharlatan)

Roger era o amigo imaginário do irmão mais novo de outro usuário. Ele conviveu com a família por três anos e morava embaixo da mesa de jantar com sua esposa e nove filhos. Um belo dia, a criança anunciou que Roger não moraria mais ali. Por quê? "Porque ele se matou e atirou em toda a sua família", anunciou o menino.

5. O avô zeloso (usuária: Rcrowley32)

Todas as noites, a menina contava que um homem entrava em seu quarto e fazia o sinal da cruz em sua testa. Olhando fotos antigas de família, a criança viu a foto de seu avô paterno já falecido e afirmou: "Esse é o homem que vem no meu quarto todas as noites". Depois disso, o pai da menina contou que seu pai sempre fazia o sinal da cruz em sua testa quando ele era pequeno.

6. Meu pai não! (usuário: y0m0tha)

Quando o irmão do usuário y0m0tha era pequeno, vivia falando sozinho, como se anjos estivessem conversando com ele o tempo todo. Um dia, sua mãe ouviu a criança responder: "Eu não posso matar ele! Ele é meu único pai!". Socorro!

7. A morte do amigo imaginário (usuário: ElmosAshes)

O usuário ElmosAshes conta que seu irmão tinha um amigo imaginário chamado Tony, que tinha 15 centímetros de altura e já era velhinho. Um dia, segundo a criança, Tony faleceu enquanto dormia. Ele foi enterrado no quintal da casa, dentro de uma caixa de sapato. Basicamente, eles fizeram um funeral para uma caixa de sapatos vazia.