1. Ferramentas básicas

Embora simples quando comparadas com invenções subsequentes, as pedras afiadas ajudaram nossa espécie a moldar o mundo a nosso redor, seja através da caça ou da produção de roupas e do corte de árvores.

Pontas de lanças pré-históricas

2. Corda

A corda é fabricada desde a Idade da Pedra, quando eram feitas de fibras torcidas e reforçadas com um material resinoso. Os egípcios já as fabricavam de algodão, cerca de 3 mil anos antes da era cristã.

Corda ajudou a evolução

3. Canalização

Com o crescimento da população, passou-se a exigir quantidades cada vez maiores de água e facilidade de acesso às fontes existentes. Na América, os incas e até mesmo civilizações mais antigas construíram complexos sistemas de canalização. Já os egípcios dominavam técnicas sofisticadas de irrigação do solo e armazenamento de líquidos, pois dependiam das enchentes do Rio Nilo entre 9000 a 4000 a.C.

Sistemas incas de canalização de água

4. Barco

Vários povos da Antiguidade entraram para a História pelos feitos que realizaram no mar. Os fenícios eram grandes marinheiros e comerciantes: há cerca de 3 mil anos, eles percorriam a costa do Mediterrâneo com os seus navios mercantes. Já os vikings fizeram pilhagens frequentes por todo o Norte da Europa, a bordo dos seus barcos de guerra.

O transporte marítimo de mercadorias e de passageiros sofreu uma grande evolução graças aos descobrimentos portugueses do século 15. O arranque da navegação dessa época constitui uma das principais causas do desenvolvimento da ciência.

 Barcos ajudaram os povos a se locomoverem

5. Papiro e pergaminho

Pergaminho é o nome dado a uma pele de animal, geralmente de cobra, carneiro, cordeiro ou ovelha, preparada para a escrita. Seu desenvolvimento aconteceu no século 2, por obra de Eumenes 2º. Já o papiro foi inventado pelos egípcios há mais de 5 mil anos e é feito com as fibras do talo de uma planta aquática encontrada às margens do rio Nilo, no Egito. Ele deu o suporte para a escrita hieroglífica.

Papiro serve para registrar a História

6. Fusão de metais

A manipulação de diferentes tipos de terras para a cozedura levou ao aparecimento de fragmentos, em estado quase puro, de cobre e de ouro, por volta do ano 5000 a.C. O metal líquido podia ser manipulado e tomava a forma de objetos como lâminas de armas.

 Fusão de metais permitiu desenvolvimento humano

7. Roda

A roda revolucionou toda a experiência humana. Embora seja difícil detectar a origem do objeto, há registros de que a humanidade já o utilizava há mais de 7,5 mil anos.

 Datar a invenção da roda é difícil

8. Mapa

Antes mesmo da invenção da escrita, os homens já faziam mapas para representar os lugares onde viviam e por onde passavam – isso por volta de 2500 a.C. Com o aparecimento das primeiras civilizações, os mapas passaram a ter ainda maior importância. Era necessário conhecer os limites das áreas dominadas e as possibilidades de ampliação de suas fronteiras.

Mapear as terras foi importante para conhecer limites e traçar estratégias militares

9. Vidro

Descoberto durante a Era de Bronze, por volta do ano 2000 a.C., o vidro é um dos elementos mais úteis para nosso cotidiano. Presente em objetos que vão de edifícios a smartphones e de utensílios de cozinha a computadores, essa invenção possui uma importância muito maior do que normalmente atribuímos a ela.

O vidro está muito presente em nossas vidas

10. Cunhagem

Por volta do ano 700 a.C., surgiu a cunhagem, processo através do qual a moeda é feita. As primeiras moedas eram feitas de maneira totalmente artesanal e necessitavam de muita força dos trabalhadores.

 Cunhagem de moedas permitiu um sistema de trocas mais eficiente

11. Medidas de tempo

Olhando para o céu, o homem retirou as primeiras medidas de tempo, dividindo o dia em duas partes: dia e noite, associados ao Sol e à Lua. Foi no ano 2000 a.C. que começamos a observar que a sombra das árvores projetadas pelo Sol se movia pelo caminho percorrido e que assim era possível estabelecer um sistema que medisse o tempo.

E se o Sol ensinou a medir as horas, a Lua mostrou como computar as semanas e os meses: o homem contava quantos dias durava cada fase da Lua e cada intervalo de 7 dias era chamado pelos romanos de “septimana” – traduzido ao português para semana. Quando todos os períodos lunares chegavam ao fim, isso representava 1 mês.

 Desenvolvimento dos primeiros relógios solares permitiu definirmos dia e noite com mais precisão

12. Escrita e algarismos

Por volta do ano 4000 a.C., os sumérios desenvolveram a escrita cuneiforme. Eles usavam placas de barro nas quais cunhavam sua escrita. Muito do que sabemos hoje sobre esse período da História, nós devemos a placas de argila com registros cotidianos, administrativos, econômicos e políticos da época.

Já o número surgiu a partir do momento em que existiu a necessidade de contar os animais, há cerca de 30 mil anos. Entretanto, o primeiro sistema de numeração teve origem por volta do ano 1500 a.C, tanto no Egito quanto na Grécia.

Escrita cuneiforme abriu as portas para um registro mais fiel da humanidade

13. Bússola

A bússola foi desenvolvida por volta do ano 2000 a.C. Os chineses foram os primeiros a detectar e estudar as propriedades magnéticas possuídas por alguns metais, utilizando-as como forma de se guiar por um terreno sem depender do posicionamento de estrelas, da Lua e do Sol.

Bússola permite traçarmos rotas

14. Motor a vapor

Denis Papin e Thomas Savery, no final do século 17, desenvolveram os primeiros motores a vapor de uso prático; entretanto, a verdadeira revolução na área foi criada por Thomas Newcomen, em 1712: o motor de Newcomen. O próximo grande avanço ocorreu em 1769 pelas mãos de James Watt, que criou uma máquina com um condensador que minimizava as perdas de calor e que possuía outras finalidades, como propulsão de moinhos e tornos.

Os trens se aproveitaram dessa tecnologia

15. Avião

A criação do avião foi um grande marco para a História, pois ele diminuiu de forma significativa o tempo de viagem entre duas cidades. O inventor brasileiro Alberto Santos Dumont desenvolveu o primeiro avião do mundo capaz de realizar um voo completo, incluindo decolagem, permanência no ar e pouso, sem a necessidade de uma rampa para lançamento.

Aviação "diminuiu" a distância entre as cidades

***

Essa matéria foi feita com a contribuição do leitor Gustavo Alves, com base em seu TCC. Obrigado, rapaz!

*Publicado em 04/05/2016