Bayezid Hossain tem apenas 4 anos, mas aparenta ser muito mais velho

O garoto mora em Magura, no sul de Bangladesh

Ele sofre de progéria, também conhecida como síndrome de Huntchinson-Gilford, que é extremamente rara e causa um envelhecimento precoce

Apenas 100 pessoas no mundo todo foram diagnosticadas com essa doença desde que ela foi catalogada, em 1886

A aparência idosa faz com que as crianças tenham medo de se aproximar de Bayezid, que largou a escola por conta disso

Algo lastimável, já que o menino tem uma inteligência acima da média para a sua idade

Essa doença inspirou o escritor F. Scott Fitzgerald a escrever “O Curioso Caso de Benjamin Button”

A história foi parar nas telonas do cinema com Brad Pitt no papel principal

Os acometidos por essa síndrome raramente ultrapassam os 13 anos de idade

Eles morrem de ataque cardíaco ou de acidente vascular cerebral ainda na infância

Os pais do garoto são primos, o que levou a vizinhança a acusá-los de não serem dignos de ter uma criança

A mãe, Tripti Khatun, tem apenas 18 anos; família agora vive com os pais de seu marido, Lovelu Hossain, que tem 22

Bayezid adora brincar com sua bola e desmontar seus brinquedos para remontá-los

Mas ele faz isso sozinho, já que as outras crianças têm medo dele

Os pais do garoto alegam já ter gasto o equivalente a R$ 20 mil em médicos e curandeiros

Entretanto, a doença ainda não tem cura

Eles têm vontade de ter outros filhos, mas ficam com medo de ele nascer com a mesma síndrome de Bayezid

Além disso, eles acreditam que não estão recebendo o melhor tratamento do mundo por serem pobres