Como vários cabeleireiros ao redor do mundo, o britânico James Williams, de 26 anos, usa o Facebook para divulgar o seu trabalho. Morando em um dos países que mais ditam a moda das cabeleiras mundo afora, foi através de um post singelo e diferente que ele conseguiu atingir uma fama inesperada.

Na última terça-feira (3), Williams divulgou o malabarismo que precisou realizar para conseguir cortar o cabelo de um menininho com autismo. Quem convive com alguma pessoa nessas condições sabe que muitas vezes é difícil fazer o autista se concentrar em algo que ele simplesmente não tem vontade – o que, no caso de Mason, o menino das fotos, também incluía o medo da tesoura perto de suas orelhas.

Em vez de colocar o garotinho sentado na cadeira como todos os outros cabeleireiros fazem, Williams apostou na tecnologia: enquanto o pequenino se distraía em um jogo de celular deitado no chão, o profissional fez seu trabalho com o maior cuidado possível. “Nós deitamos no chão, em silêncio, e ele me permitiu fazer o seu primeiro corte de cabelo decente, o que me fez alcançar algo que eu amo neste trabalho”, publicou Williams.

Rapidamente as imagens viralizaram – elas foram divulgada com o consenso dos pais do garoto, é claro. Williams contou à revista People que já tinha experiência no corte de cabelo de crianças autistas e que compartilhou a história no intuito de conscientizar pais e outros profissionais.

Garotinho autista supera medo de cortar os cabelos com um barbeiro incrível! Comente no Fórum do Mega Curioso

James Williams desenvolveu técnica criativa para acalmar o pequeno menino durante o seu corte de cabelo

***

O que você achou da dedicação do cabeleireiro? Conhece algum profissional aqui no Brasil que desenvolva algum trabalho parecido?