Mesmo que você não sinta muito medo de abelhas e seja fã desses bichinhos, você há de concordar que o zumbido de uma delas é suficiente para deixar qualquer um alerta ao risco de levar uma picada. Afinal, embora o ruído que esses animais produzem esteja mais relacionado com a comunicação entre eles e a atividade de polinização, não podemos negar que o barulho causa arrepios. Então, imagine ter que conviver com o som de dezenas de milhares desses insetos nos seus ouvidos!

Bzzzzz...

Foi isso o que aconteceu com um casal de Pinos Puente, em Granada, na Espanha, que resolveu investigar o que estava acontecendo em seu quarto depois de um zumbido misterioso se tornar alto ao ponto de ser impossível dormir no local. É claro que os residentes suspeitavam que devia haver um ninho de abelhas escondido na casa, mas eles certamente não imaginavam que dividiam um dos aposentos com uma imensa colmeia.

(Reprodução / Oddity Central / La Vanguardia)

Mas foi isso o que o apicultor Sergio Guerrero, chamado para investigar o ruído, descobriu. Após remover as pessoas da casa e criar uma abertura no quarto barulhento, Guerrero encontrou uma colônia composta por mais de 80 mil abelhas vivendo entre as paredes do dormitório – além de muitos favos de mel, alguns com mais de 1 metro de comprimento. No quarto, caro leitor!

(Reprodução / Ideal / S. G.)

Guerrero, que já foi chamado em outras ocasiões para remover abelhas de propriedades, confessou que jamais tinha se deparado com uma situação como essa antes e disse que não conseguia entender como o casal conseguiu conviver tanto tempo com o zumbido em seus ouvidos – especialmente à noite, na hora de dormir. Segundo estimou, considerando que uma rainha é capaz de pôr cerca de 1,4 mil ovos ao dia, para que a colmeia se tornasse tão grande, devem ter se passado por volta de 2 anos. Já pensou? Quanto tempo os donos da casa suportaram o barulho antes de procurar ajuda?

Enfim, as abelhas foram removidas da casa e transportadas a um local seguro para reestabelecer sua colmeia, tarefa que levou mais de 7 horas para ser concluída. E o apicultor explicou que, qualquer pessoa que descobrir a presença de abelhas nas proximidades de casa, deve procurar a ajuda de um especialista o antes possível e jamais se arriscar a tentar espantar os insetos por conta própria.