Confete, serpentina, fantasia e... Crianças! É assim que vai ser o Carnaval de muitos pais pelo Brasil, pois as crianças podem, sim, aproveitar essa festona típica, a caráter ou não, desde que autorizado pelo pediatra, o que acontece por volta dos 6 meses.

Nos últimos anos, a presença das crianças em eventos carnavalescos tem aumentado e hoje, já existem inúmeras opções seguras para curtir ao lado dos filhos. Os pequenos também gostam desta época do ano, pois podem se fantasiar, brincar com confetes e serpentinas ou passar um tempo extra ao lado da família, caso a preferência dos pais seja mais caseira. Alternativas não faltam para contagiar a família de alegria. Veja só:

Matinê nos clubes

Os tradicionais clubes de campos de muitas cidades costumam organizar bailes nos salões durante a manhã ou a tarde, pensados especialmente para os pequenos. Decoração, brincadeiras e músicas estão totalmente ligadas ao universo infantil em um ambiente seguro. As crianças podem ir fantasiadas, com os rostos pintados ou então vestidas normalmente.

Bloquinhos nas ruas

As ruas ficam tomadas por blocos carnavalescos, quase sempre lotados de marmanjos embriagados e animados demais. Este não é o melhor lugar para as crianças estarem. É por isso que os bloquinhos infantis estão fazendo tanto sucesso!

Nesta comemoração, o número de adultos é reduzido, mas não faltam crianças fantasiadas soltando confetes pelas ruas, com músicas próprias para a idade delas.

Festa em casa

Se sair não for uma opção para os pais, que tal recriar o clima do Carnaval dentro de casa ou do salão de festas?

Convide os amigos, prepare comidas personalizadas para a ocasião, como lanches e bebidas decorados com máscaras e bexigas, escolha músicas animadas (nessa atividade, a própria criança pode ajudar), coloque a fantasia e divirtam-se dentro de casa mesmo.

Desfile na avenida

As escolas de samba costumam sair nas principais avenidas da cidade. Confira onde acontecerá o desfile e chegue cedo para pegar o melhor lugar. Vale levar um banquinho caso o local não tenha arquibancada, pois as crianças podem se cansar facilmente.
Se o seu filho ficar empolgado, quem sabe você não coloca ele para sambar na avenida no próximo ano?! A maioria das escolas permite que as crianças desfilem também.

Viagem em família

Muitos lugares estão de portas abertas para famílias que preferem sair de casa em busca de um lugar tranquilo para o feriado. Os hotéis costumam oferecer atividades especificas para crianças em diversas faixas etárias e os pequenos ainda podem aproveitar para conhecer uma cidade nova ao lado do pais.

Ficar em casa

Quem prefere ficar dentro de casa mesmo e fugir da folia não pode deixar de oferecer algum entretenimento para os filhos, pois é um feriado que dura 4 dias e os pequenos podem ficar entediados. Ah, e não vale largar o pequeno o dia inteiro no carrinho de bebê. À noite, além de entediado ele vai estar totalmente descansado e pode demorar a dormir.

Maratonas de filmes, “aulas” de culinária, contar histórias... Inove e faça de cada dia uma experiência divertida para a criança.

Outras atividades

Alguns locais funcionam normalmente no período. Que tal levar as crianças para o parque ou então para aquele museu que você nunca teve tempo de levá-la ou para ver um filme novo no cinema?

10 CUIDADOS NO CARNAVAL

Por ser um período de muita agitação, os pais devem ficar atentos a alguns cuidados que vão garantir um feriado ainda melhor. Acompanhe a seguir:

1 - Inclua algum tipo de identificação na criança. Em ambientes lotados, elas podem se perder e, com uma simples pulseira ou crachá de identificação onde constem o nome e o contato do responsável, a localização vai ser facilitada.

2 - Cuidado com fantasias e maquiagens faciais. Verifique se a tinta é atóxica, se a maquiagem não está vencida e se a roupa não oferece riscos para a integridade da sua criança.

3 - Confetes, buzinas e espumas também merecem atenção especial. Oriente seus filhos a não colocá-los na boca nem nos olhos e preste atenção no que eles estão fazendo.

4 - Evite ir com as crianças em ambientes abertos em dias de chuva ou nos horários de pico do sol (entre 10h e 16h). Use o protetor solar.

5 - Na rua, as crianças podem sair de perto dos pais e do evento e ir para ruas próximas, que não estão bloqueadas para o tráfego de veículo. Fique sempre por perto e oriente seu filho sobre esse perigo.

6 - Em ambientes fechados, as crianças podem ser expostas a transmissão de doenças, como gripes, resfriados e conjuntivite. Tome cuidado!

7 - Escolha locais que atendam as necessidades do seu filho. Se a criança ainda estiver no peito, verifique se o lugar possui um espaço dedicado a este momento. Se ela precisar trocar as fraldas, descubra se o banheiro é equipado com fraldário.

8 - Nas praias ou nas piscinas, sempre coloque boia ou salva-vidas nos pequenos. Verifique se não há furos ou falhas antes de vesti-los.

9 - Tente levar lanchinhos de casa. Frutas frescas, leite e bolachas bem conservados vão oferecer ainda mais energia para os pequenos continuarem na folia. Evite oferecer alimentos de locais de procedência desconhecida.

10 - Os pais devem evitar o excesso de bebida alcoólica, principalmente se estiverem responsáveis pelas crianças. O álcool pode distrair os pais, seja nos cuidados com as crianças ou no volante, na volta para casa.

AGORA, É SÓ APROVEITAR

Os pais devem escolher as melhores opções carnavalescas para seus filhos e sempre acompanhar a criança ou ter um responsável por perto. São tantas opções que dá pra curtir uma por dia! Os pequenos vão adorar, e os pais vão ter que ter muita energia para dar conta de tanta alegria.

Via assessoria