Por mais estranho que pareça, a verdade é que nem todo alimento cumpre seu papel de nos deixar saciados depois do consumo. Alguns itens são conhecidos por nos deixarem com ainda mais vontade de comer, e, se essa é uma situação que você gostaria de evitar, talvez esteja na hora de saber que alimentos são esses e pensar melhor na hora de montar seu prato no restaurante e de encher o carrinho do supermercado.

A revista Time publicou sobre uma série de produtos alimentares que têm a cruel capacidade de nos deixar com mais apetite. São itens que aumentam as taxas de açúcar no sangue, nos deixam com fome mais cedo e, claro, acabam atrapalhando outros processos biológicos e prejudicando a nossa saúde. Confira:

1 – Sucos

Estamos falando aqui a respeito dos sucos que compramos prontos, e não dos feitos em casa. Atualmente, temos o costume de consumir algumas dessas bebidas achando que são uma opção saudável, mas a verdade é que qualquer suco pronto, detox ou não, com ou sem adição de açúcar, perde, durante o processo de fabricação, as fibras das frutas.

Essa perda faz com que o suco se transforme em uma bomba de açúcar que faz nossas taxas de glicose dispararem. Quando temos muito açúcar na corrente sanguínea, adivinha o que acontece? Sentimos fome! A solução? Matar a sede com água e comer frutas ao longo do dia.

2 – Iogurte de baixa caloria

Ainda que esse produto seja visto como um grande aliado de quem busca manter uma dieta mais saudável, a verdade é que é preciso escolher o seu iogurte com mais critério. Iogurtes de pouco valor calórico têm altos índices de carboidrato e pouquíssima gordura – depois da última colherada, é bem possível que você sinta ainda mais vontade de comer. A dica aqui é preferir um iogurte grego, que tem mais proteína e mais fibras.

3 – Ovos sem gema

É comum a crença de que a gema do ovo não deve ser consumida por aqueles que querem perder peso ou estão com problemas de colesterol. Por causa disso, o consumo apenas da clara do ovo tem aumentado. Na verdade, a gordura da gema do ovo é bastante benéfica para o corpo humano, auxiliado na absorção de nutrientes e, inclusive, na sensação de saciedade.

4 – Molhos light de salada

O ideal mesmo seria comer sua salada sem qualquer molho pronto, mas, se você simplesmente não resiste, talvez seja bom saber que não é tão bom assim optar por uma versão light do seu molho favorito. Esse tipo de produto geralmente contém altos níveis de sal e de açúcar, que são dois ótimos e perigosos agentes de sabor. Crente de que está sendo supersaudável, você rega bem a sua salada com molho, garante que cada folha de alface seja encharcada e, depois de terminar a refeição, é bem provável que já sinta fome novamente.

5 – Alimentos saudáveis

Calma, a gente explica. Não significa que o ideal é deixar de consumir frutas, verduras, grãos e legumes. A questão aqui é que as pessoas tendem a comer grandes quantidades de alimentos ditos saudáveis, o que faz com que montem pratos maiores e se sintam menos saciadas depois da refeição – as explicações para isso podem estar no fato de que, inconscientemente, acreditamos que alimentos não saudáveis nos deixam mais saciados.

6 – Açúcar

Está aí o grande vilão da vida moderna: açúcar. Além de bagunçar o funcionamento do nosso corpo, o consumo de açúcar libera dopamina, o que o coloca na categoria de substâncias viciantes. “Considerando o fato de que somos evolutivamente projetados para procurar doce em prol da sobrevivência e que fontes de açúcar altamente concentrado são onipresentes em quantidades infinitas, o vício em açúcar se tornou cada vez mais predominante e um enorme colaborador para a nossa atual crise global de saúde”, explicou Julieanna Hever, que pesquisa e escreve sobre alimentação.

Além do mais, como já falamos anteriormente, altos índices de glicemia no sangue nos deixam com mais vontade de comer. Não se pode usar essa informação para deixar de comer frutas, hein! O açúcar desses alimentos vem acompanhado de vitaminas e fibras.

7 – Barrinhas de cereal

Esses produtos são bastante populares, mas não significa que sejam supersaudáveis ou que não façam com que você tenha ainda mais vontade de comer. A verdade é que essas barrinhas são feitas com muito açúcar e gordura hidrogenada – elas podem até ter poucas calorias, mas não costumam deixar ninguém saciado e não podem substituir uma refeição normal.

8 – Ketchup

Da próxima vez que você pensar em lavar seu sanduíche com o famoso molho, lembre-se de que ele é feito com altas doses de xarope de milho e que qualquer produto assim vai simplesmente abrir seu apetite e fazer com que você tenha vontade de comer mais e mais. Esse ingrediente “do mal” desacelera seu funcionamento metabólico e diminui a produção de leptina, uma substância conhecida por nos deixar com a sensação de saciedade.

9 – Muffins

Ainda que esses bolinhos sejam uma bomba calórica, é preciso lembrar que eles são feitos com muito açúcar, que é digerido e absorvido rapidamente pelo seu organismo. O resultado? Fome!

10 – Cereais açucarados

Na primeira refeição do dia, o ideal é que seu corpo receba doses de fibras e proteínas – assim, vai conseguir controlar os níveis de açúcar no seu sangue ao longo do dia. Comer cereais açucarados com leite desnatado é um péssimo negócio em termos de saúde, nutrição e saciedade.

11 – Grãos refinados

Entenda aqui qualquer versão não integral de pães, bolos, bolachas e massas em geral. Quando você consome a opção integral desses alimentos, acaba ingerindo mais fibras, e a combinação de fibra com água é sensacional em termos de saciedade, afinal as fibras “incham” quando encontram a água, fazem mais volume e dão a sensação tão esperada de que você não quer mais comer.

12 – Salgadinhos

O vilão aqui é o sódio, substância perigosa e que, em grandes quantidades, pode fazer muito mal à saúde. Além do mais, salgadinhos não têm fibra nem proteína – ou têm em quantidades realmente pequenas e insuficientes.

O excesso de sal desidrata seu corpo e, em vez de optar por um bom copo de água, você acaba comendo mais salgadinho. Quer mais? Pois então saiba que esse tipo de alimento também aumenta a sua taxa de açúcar no sangue e libera dopamina, que é a substância que vai fazer com que você queira comer mais e mais.

13 – Adoçantes artificiais

A ideia de que um produto sem açúcar pode ser consumido em grandes escalas é completamente equivocada. A verdade é que adoçantes artificiais fazem com que seu cérebro acredite que você está comendo algo realmente doce; quando a expectativa é diferente da realidade, quando seu corpo percebe que não chegou aquele pedaço de bolo que ele achou que você estava comendo, você vai ficar com uma vontade louca de comer esse tipo de alimento. Ou seja: cilada!

***

Para você, é fácil manter uma dieta saudável?  Comente no Fórum do Mega Curioso