Se os relatos de aparições de OVNIs já nos intrigam e nos fazem questionar o que pode existir no espaço afora, imagine para quem acredita ter avistado um desses objetos misteriosos com os próprios olhos. O astronauta russo Vladimir Kovalyonok, que comandou três missões espaciais pelo programa soviético nas décadas de 70 e 80, nunca se esqueceu do que viu do lado de fora da estação Saliut-6 em maio de 1981.

De acordo com o astronauta, o objeto tinha uma forma elíptica, apresentava um brilho intenso e voava acompanhando o movimento da estação espacial. Em uma entrevista para um canal de TV do seu país, o comandante lembrou que não era possível saber a distância ou o tamanho do objeto, mas que chamou a atenção o fato de que OVNI se encontrava abaixo da Saliut-6 e viajava paralelo a eles.

O astronauta russo Vladimir Kovalyonok em foto oficial do programa soviético. Fonte da imagem: Reprodução/Ufos Misterios

O astronauta pediu então para que outro membro da equipe pegasse uma câmera para registrar a ocorrência. Porém, antes que pudessem ligar o equipamento, duas explosões, com poucos segundos de intervalo entre elas, iluminaram o objeto com uma cor dourada. O comandante diz ter visto o objeto se dividir, nessas explosões, em duas esferas douradas antes de sumir completamente em uma névoa branca.

Nunca houve uma investigação oficial para esse acontecimento e, segundo o próprio astronauta, como não havia maneiras de explicar o evento e como ninguém tinha respostas possíveis para o incidente (e nem continua tendo), o silêncio acabou sendo a solução encontrada por todos os membros da Saliut-6.